SÁB 16 DE FEVEREIRO DE 2019 - 09:36hs.
EnqueteVer mais +
A nova crise política brasileira afetará a aprovação da lei do jogo?
Untitled 1

ONLINE

Scout Gaming entra no Brasil com o Jogajà

O acordo dá a Jogajà acesso total à plataforma completa de Fantasy Sports da Scout Gaming, com previsão de lançamento durante o primeiro semestre de 2019. A gama de produtos será complementada por ligas locais. “O mercado brasileiro de apostas esportivas é o maior da América do Sul, portanto, vemos um grande potencial para os Fantasy Sports diários”, comentou o diretor do Jogaja, Jacob Lindorff.

Com legislação já aprovada, Brasil mira filão das apostas online

A legalização das apostas esportivas no Brasil já é um tema de interesse nacional. É o que demonstra o espaço dedicado pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, um dos principais veículos do país com uma extensa reportagem publicada neste domingo analisando as cifras que movimenta o novo mercado, patrocínios, fiscalização e contexto mundial com entrevistas ao professor da FGV, Pedro Trengrouse, com Ricardo Magri, diretor de Integridade da Sportradar, entre outros.

Vitória fica perto de anunciar patrocínio com empresa de apostas "Sua Lotérica"

O Vitória segue em busca de patrocínios para a temporada 2019. E uma das empresas que está perto de selar um acordo é o site “Sua Lotérica”, segundo apuração do Bahia Notícias. Atualmente, a empresa é intermediária em loterias oficiais. Porém, com a promulgação da Lei nº 13.756, decorrente da Medida Provisória 846/2018, que, entre outras matérias, cria a modalidade de apostas esportivas, a companhia vai investir no futebol. Cruzeiro e o Flamengo também mantêm negociações.

LEGISLAÇÃO

Principais pontos do projeto dos Jogos de Azar

O texto (PLS 186/2014) define os tipos de jogos a serem explorados, os critérios para autorização, as exigências para os sócios e as regras para distribuição de prêmios e arrecadação de tributos.

OAB cria Comissão Especial de Direito dos Jogos Esportivos, Lotéricos e Entretenimento

Por sugestão do advogado Pedro Trengrouse, Professor da FGV e certificado em Regulação de Cassinos pela Universidade de Nevada, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) criou uma Comissão Especial de Direito de Jogos Esportivos, Lotéricos e Entretenimento, que será presidida pelo Conselheiro Federal Flávio Zveiter (RJ). A nova comissão terá um papel proativo em defesa da regulamentação do jogo no país.

Proposta torna crime venda ou entrega de bilhete da loteria a menor de 18 anos

O Projeto de Lei 11103/18 torna crime a venda ou entrega de bilhete lotérico a menores de 18 anos. Pela proposta, do deputado Roberto de Lucena (Pode-SP), a pena vai de dois a quatro anos de detenção e multa. O texto, que tramita na Câmara dos Deputados, altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, Lei 8.069/90) para prever o crime.

MUNDO

Imposto sobre prêmios de slots introduzidos nos cassinos da província de Buenos Aires

O Instituto Provincial de Loterias e Cassinos (IPLyC) implementou oficialmente o novo imposto sobre os prêmios, que será usado para ajudar a criar um novo Fundo de Integração e Desenvolvimento Social para financiar programas de infraestrutura e assistência nas áreas sociais. O imposto varia de 1% a 3% por cento em prêmios.

Operadores de jogos de azar enfrentam novos controles de publicidade no Reino Unido

As operadoras de apostas e jogos no Reino Unido enfrentam novas restrições à publicidade depois que a Advertising Standards Agency (ASA) e os Comitês de Prática Publicitária (CAP) publicaram uma lista revisada de normas destinadas a proteger crianças e jovens. As novas regras proíbem anúncios de jogos de azar online segmentados para indivíduos com menos de 18 anos, com base em dados sobre seus interesses online e comportamento de navegação.

IGT expande sua equipe sênior de liderança

A IGT anunciou que expandiu sua equipe sênior de liderança com a nomeação de três membros para novas funções. Bob Vincent vai se tornar presidente da IGT Global Solutions Corporation; Wendy Montgomery foi nomeada vice-presidente sênior de marca global, marketing e comunicações; e Scott Gunn é o novo vice-presidente sênior de assuntos públicos corporativos.