LUN 28 DE SEPTIEMBRE DE 2020 - 22:05hs.
EnqueteVer mais +
A nova crise política brasileira afetará a aprovação da lei do jogo?

ONLINE

Clubes brasileiros precisam saber o que oferecer às casas de apostas patrocinadoras

No segundo dia do SiGMA Americas Digital, as casas de sports betting estiveram no centro do evento, no painel “Efeitos das marcas de apostas esportivas no futebol brasileiro”. Angelo Alberoni (Betmotion), Arthur Silva (Sportsbet.io) e Hugo Baungartner (RCT Gaming) trataram do tema, que teve mediação de Matheus Antunes (Volta Pra Marcar). A opinião de todos é de que o Brasil tem muito a crescer no segmento e os clubes precisam aprender a oferecer o que têm de melhor aos patrocinadores.

Pay4Fun e Sportsbet.io oferecem bônus em freebets numa nova promoção

Os clientes da empresa de pagamentos brasileira Pay4Fun e o site de apostas patrocinador do Flamengo, Sportsbet.io, serão beneficiados com uma promoção especial conjunta das duas empresas. Para participar, basta o usuário realizar depósitos na Sportsbet.io até o dia 22 de outubro. Ao final do período de apuração, a Sportsbet.io irá conceder um bônus em freebets de acordo com o volume de depósitos que os apostadores fizeram.

Sport anuncia Galera.bet como seu novo patrocinador master

Um dia após ter anunciado o Grupo Allo como seu mais novo patrocinador, o Sport aproveitou o clima e encerrou de vez o suspense a respeito de quem seria o patrocinador master do clube e estamparia a parte mais nobre do uniforme rubro-negro. Fim do mistério. A galera.bet, uma empresa de apostas esportivas que integra a Galera Group, já entrará em campo na partida diante do Corinthians, nesta noite.

LEGISLAÇÃO

Principais pontos do projeto dos Jogos de Azar

O texto (PLS 186/2014) define os tipos de jogos a serem explorados, os critérios para autorização, as exigências para os sócios e as regras para distribuição de prêmios e arrecadação de tributos.

Regulamentação do jogo precisa chegar ao Brasil para benefício da sociedade, dizem especialistas

O Brasil, com mais de 200 milhões de habitantes, foi um dos destaques da Caribbean Gaming Show, que contou com painel específico na tarde desta segunda-feira. Todos os presentes destacaram que o Brasil precisa conquistar uma legislação ampla para a atividade de maneira a afastar o jogo ilegal, que atualmente movimenta cerca de US$ 6 bilhões por ano sem nenhuma contrapartida para o governo na forma de impostos e para a sociedade, em empregos formais.

Atletas paraolímpicos terão mais recursos provenientes das loterias

Na semana em que se comemora o Dia Nacional do Atleta Paralímpico, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei (PL 2824/20) que prevê a distribuição de forma mais democrática dos recursos das loterias esportivas para clubes e entidades que trabalham com a segmentação paralímpica. A emenda acatada ao projeto, que resultou nesta conquista, é do senador Carlos Viana (PSD-MG). Além disso, o PL garante socorro financeiro de R$ 1,6 bilhão ao setor do esporte em razão da pandemia.

MUNDO

William Hill foi abordado por Apollo e Caesars sobre uma possível aquisição

A firma de apostas britânica William Hill disse nesta sexta-feira (25) que recebeu propostas em dinheiro separadas da empresa de aquisições Apollo e da operadora de cassinos dos Estados Unidos Caesars Entertainment sobre uma possível compra, sem dar indicações dos valores da oferta, mas enviando ações da companhia para 34%. Apollo e Caesars têm até 23 de outubro para anunciar uma intenção firme de fazer uma oferta pela William Hill ou desistir.

BMM Testlabs recebe autorização para testar e certificar em Michigan

O laboratório de teste de jogos internacional e consultoria de conformidade de produtos, BMM Testlabs, informou que foi autorizado pelo Michigan Gaming Control Board (MGCB) a testar e certificar iGaming e apostas esportivas móveis. “Esperamos usar nossas décadas de experiência para fornecer serviços em nome do Estado de Michigan”, disse o COO da firma, Travis Foley.

Trabalhadores de cassino em Macau devem usar máscara até março

Uma diretiva que exige que todos os trabalhadores de cassino em Macau usem uma máscara facial foi prorrogada até 22 de março de 2021 para proteção contra a COVID-19. Apesar de Macau estar livre de novas infecções há três meses, a prorrogação de seis meses foi oficialmente anunciada pelo Serviço de Saúde e publicada no Diário da República. A exigência de máscara obrigatória foi implementada em 22 de janeiro.