SEX 24 DE JANEIRO DE 2020 - 16:34hs.
Deputado espera legalização de jogos de azar no Brasil e confia na geração de empregos no setor
Moacir Rodrigues (PSL-PB)
Deputado espera legalização de jogos de azar no Brasil e confia na geração de empregos no setor

20/01/2020 | Com dois projetos de lei tramitando na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado Moacir Rodrigues espera aprovação da liberação dos jogos de azar no Congresso Nacional. Ele compartilhou em suas redes sociais matéria que fala do lobby para legalização desses jogos no Brasil, o que, segundo a reportagem compartilhada por ele, pode estar perto de se tornar realidade.

“Os cuidados para evitar fraude financeira nos cassinos são os mesmos usados em lotéricas"
Bruno Aurichio Ledo, professor na USP
“Os cuidados para evitar fraude financeira nos cassinos são os mesmos usados em lotéricas"

14/01/2020 | Atualmente, um grupo de deputados federais e senadores quer legalizar os jogos de azar no Brasil, com o Projeto de Lei Suplementar 186/2014, em trâmite no Senado. Em entrevista para o Jornal da USP, Bruno Aurichio Ledo, professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP, acredita que as fraudes financeiras podem existir, mas um sistema de regulamentação e fiscalização pode minimizar esses problemas.

“Precisamos de uma regulamentação clara e segura para que sites sérios venham para o Brasil”
Dep. Federal Danrlei (PSD) ao Gazeta do Sul
“Precisamos de uma regulamentação clara e segura para que sites sérios venham para o Brasil”

13/01/2020 | O parlamentar, que é titular da Subcomissão Especial Jogos e Apostas Online na Comissão de Esportes da Câmara dos Deputados, falou sobre a importância de uma regulamentação clara para atrair os melhores e mais sérios players do mercado para o país, a proteção ao apostador brasileiro e que a pressão de setores conservadores do congresso não vai interferir no andamento da atividade das apostas esportivas. As declarações foram dadas em uma entrevista ao jornal Gazeta do Sul.

“Exploração de jogos dará investimentos em engenharia, mão de obra e resultados diretos na economia”
Jaques Reolon, advogado e presidente da ANATRICON
“Exploração de jogos dará investimentos em engenharia, mão de obra e resultados diretos na economia”

13/01/2020 | O advogado e presidente da Associação Nacional dos Advogados nos Tribunais de Contas do Brasil (ANATRICON), Jaques Reolon, lança o livro “Cassinos, Jogos de azar e Loterias - Liberação no Brasil” (físico e online) esta semana na plataforma Amazon. No gancho da temática da obra, Reolon conversou com o GMB sobre a importância da publicação sobre os jogos, os projetos de lei que estão em trâmite na Câmara e no Senado, e as consequências benéficas de legalizar a atividade no Brasil.

Em março, Brasil terá sua regulamentação oficial para operar apostas esportivas
Anúncio do Ministério da Economia
Em março, Brasil terá sua regulamentação oficial para operar apostas esportivas

10/01/2020 | O subsecretário de Prêmios e Sorteios do Ministério da Economia, Waldir Eustáquio Marques Júnior, anunciou em entrevista com o Valor Econômico que o governo brasileiro apresentará em março a regulamentação definitiva sobre apostas esportivas. Ele admite que esta lei não será a que delinearam em um primeiro momento, mas confia que as maiores 50 empresas do mundo chegarão ao Brasil para operar e patrocinar clubes. Também está previsto para este trimestre outro decreto que melhore e promova o sweepstake para operação dos Jockey Clubs.

Jogos de fortuna ou azar no Brasil: a esperança de um mundo novo
Ricardo de Paula Feijó
Jogos de fortuna ou azar no Brasil: a esperança de um mundo novo

09/01/2020 | O mestrando em Direito do Estado na Universidade Federal do Paraná e advogado especialista em direito administrativo e regulatório, Ricardo de Paula Feijó, descreve em detalhe o panorama da legalização do jogo no Brasil. "O cenário dos jogos no país é bastante promissor e pode ter mudanças positivas nos próximos meses, esse é o desejo de todos, inclusive do governo", assegura Feijó.

O advogado Jaques Reolon lança seu livro “Cassinos, Jogos de azar e Loterias - Liberação no Brasil”
Na plataforma Amazon
O advogado Jaques Reolon lança seu livro “Cassinos, Jogos de azar e Loterias - Liberação no Brasil”

07/01/2020 | Este mês, o especialista Jaques Reolon, Presidente da Associação Nacional dos Advogados nos Tribunais de Contas do Brasil e VP do escritório Jacoby Fernandes & Reolon, colocará na plataforma Amazon seu novo livro, “Cassinos, Jogos de azar e Loterias - Liberação no Brasil”. A obra de 110 páginas analisa os projetos de lei, a modelagem para os cassinos, modalidades de jogo, fiscalização, tributação, oportunidades para empresários e loterias estaduais. O livro custará R$ 29,00 (versão e-book) e R$ 46,00 (físico).

Previsões de jogos para 2020: "A regulamentação no Brasil certamente acontecerá”
Peter Nolte, CEO da Patagonia Entertainment
Previsões de jogos para 2020: "A regulamentação no Brasil certamente acontecerá”

07/01/2020 | Durante os últimos dias de 2019, o site de notícias Calvin Ayre pediu que a indústria de jogos compartilhasse suas previsões para 2020. Entre alguns executivos-chave, como Mor Weizer (CEO, Playtech) e Melissa Blau (Diretora, iGaming Capital), CEO da Patagonia Entertainment, Peter Nolte, destacou "o futuro da indústria de jogos online na América Latina e no Brasil”.

Bancada evangélica quer parar a aprovação dos jogos no país, mas é rebatida por outros parlamentares
Comissão de Turismo pede a legalização
Bancada evangélica quer parar a aprovação dos jogos no país, mas é rebatida por outros parlamentares

07/01/2020 | O coordenador da Frente Parlamentar Evangélica na Câmara, deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), quer se reunir com bancada católica para unir forças contra a aprovação dos jogos no Brasil. Seu esforço porém é rebatido pelo Newton Cardoso Junior (MDB-MG), presidente da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados. Para ele, a resposta negativa à legalização dos jogos é só ideológica e o país teria consequências positivas com a aprovação do PL.

Líderes evangélicos não gostaram da foto do Bolsonaro apostando na Mega-Sena
Segundo Constança Rezende, colunista do UOL em Brasília
Líderes evangélicos não gostaram da foto do Bolsonaro apostando na Mega-Sena

06/01/2020 | No último dia 26, o presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio do Alvorada, em comitiva oficial, para apostar na Mega-Sena da Virada. Porém a foto do presidente sorrindo, na casa lotérica, repercutiu negativamente entre evangélicos mais conservadores. A Igreja não vê com bons olhos por ser considerada um "jogo de azar", segundo informa Constança Rezende, colunista do UOL em Brasília, no seu artigo “Atitudes opõem Bolsonaro a evangélicos; líderes não o consideram membro”.

VER MÁS