SEG 10 DE DEZEMBRO DE 2018 - 07:22hs.
OPINIÃO-CARLOS CARDAMA, DIRETOR GERAL DO GMB

Jogos não são mais um tabu para reguladores e sociedade no Brasil

Mais uma vez o Brasil demonstrou o seu potencial para o mundo ao realizar em São Paulo o OGS Brazil, que discutiu durante dois dias a questão da regulamentação das apostas esportivas, fortalecimento das loterias e, em última análise, a aprovação de outras modalidades de jogos. Com a recente aprovação na Câmara e no Senado da MP 846, o país deu um grande passo no sentido da implementação das apostas esportivas e agora esperamos com ansiedade a sanção presidencial para que milhões de dólares em investimentos cheguem ao Brasil.

Pelas discussões de alto nível sobre a regulamentação dos jogos on-line e aposta esportivas que aconteceram durante a OGS, o Games Magazine Brasil está muito feliz por ter participado ativamente do evento e temos a certeza de que em breve o Brasil ingressará nesse mercado, que vem crescendo em todo o mundo.

Não podemos mais ficar remando contra a maré no setor de jogos – e falo de todas as modalidades possíveis -, já que é um setor ativo da economia, gerando riqueza, empregos, turismo e impostos.

A Clarion Events conseguiu reunir no Pacaembu, em São Paulo, os principais players e estudiosos do universo de jogos online e apostas do país e de fora, além de levar ao encontro membros do governo que estão envolvidos, direta ou indiretamente, com o tema.

Foram discussões propositivas e analíticas sobre temas como integridade, investimentos, segurança, marketing etc, que mostraram que as apostas online não devem ser vistas como um bicho papão e sim como uma atividade econômica capaz de atrair muito investimento para o Brasil.

Foram citados exemplos vitoriosos, como os da Inglaterra, Colômbia, que está avançando bastante neste setor, e Estados Unidos, que está se abrindo para este segmento.

O Brasil está no caminho certo para a regulamentação do setor e o amadurecimento das discussões mostram que o tema não é mais um tabu para entes reguladores e principalmente para a sociedade, que será a maior beneficiada com a aprovação de um regulamento forte e sadio.

O Games Magazine saiu revigorado do encontro e aguarda as próximas oportunidades de se encontrar com grandes nomes e empresas do setor para celebrar a vitória do bom senso e o nascimento de um setor importante para o Brasil.
 

Carlos Cardama - Diretor do GMB