QUI 21 DE NOVEMBRO DE 2019 - 13:42hs.
A partir dessa sexta-feira (8)

Unibet fecha operação do site para apostadores brasileiros

A casa de apostas esportivas Unibet divulgou que vai encerrar as operações de seu site em língua portuguesa voltado aos apostadores brasileiros, que funciona no link br.unibet.com. As operações nesse endereço serão encerradas nesta sexta-feira, 8 de novembro. A empresa alegou 'razões legais' pela tomada dessa decisão.

A partir de 8 de novembro, o site só poderá ser acessado por clientes cadastrados para que façam o saque do saldo restante em suas contas até o dia 22 de novembro, quando definitivamente o site sairá do ar.

Apostas pendentes que não estiverem liquidadas até 8 de novembro serão canceladas e o valor investido reembolsado até 11 de novembro.

Segundo informações divulgadas pelo site de jogos online, “razões legais” levaram a tomada da decisão de não mais disponibilizar seu site em língua portuguesa justamente em um momento que o mercado brasileiro aguarda a regulamentação das apostas esportivas.

No final de 2018, o Congresso Nacional aprovou a lei que autoriza o Governo Federal, através da Secretaria da Fazenda, a estabelecer normas para a concessão de licença para a atuação de sites de jogos online no país. Esse processo está em andamento.

A Secretaria da Fazenda lançou um documento para consulta pública e recebeu mais de duas mil sugestões para emendas no texto inicial. Deverá divulgar até o final do ano uma nova versão do texto com as alterações que forem aceitas pelos técnicos do governo.

Em meio a esse processo, uma série de casas de apostas lançaram sites direcionados aos apostadores brasileiros e investiram em publicidade em torneios esportivos no país e principalmente nos clubes de futebol. Na Série A, mais da metade das equipes têm marcas de sites de jogos online estampadas em suas camisas.

Segundo informações do jornal “O Globo”, o acordo de maior valor é do Flamengo, que recebeu R$ 8,5 milhões para expor em sua manga a marca da casa de apostas Sportingbet.io . A ‘onda’ atingiu também clubes da Segunda e da Terceira divisões do Campeonato Brasileiro.

Fonte: GMB/ Sites de Apostas.net