SÁB 26 DE SEPTIEMBRE DE 2020 - 08:35hs.
SPAC 2019 – Painel “Construindo a relação ganha-ganha”

“A afiliação é a maneira mais eficaz para que todos ganhem com as apostas esportivas”

O terceiro painel reuniu um grupo de especialistas para falar sobre as formas de ganho para apostadores, afiliados e operadores do mercado brasileiro. Thomas Carvalhaes, Country Manager da Leo Vegas; Ricardo Magri, Diretor de Desenvolvimento Latam da Sportradar; André Gelfi, co-fundador do Suaposta; Danilo Pereira, Betting Expert, Rodrigo “Loco” Alves, editor do Aposta FC, e Fabio Bampi Nettuno, Trader Esportivo, participaram do debate moderado por Alberoni Bill Castro, Fundador da CBTH.

Thomas Carvalhaes, Contry Manager da Leo Vegas, destacou a importância de se olhar para os novos afiliados que chegaram ao mercado, que os experientes devem buscar uma reciclagem e que a comunicação é a chave do mercado. “Os afiliados são uma extensão do nosso negócio. Então a comunicação tem que ser como você faz com o  marketing e outros setores. O afiliado tem que estar inserido nesse canal”, disse.

 

 

Ricardo Magri, Diretor de Desenvolvimento Latam da Sportradar, mostrou o trabalho já desenvolvido pela empresa apontando que os afiliados são um caminho preferencial dos operadores por dar um retorno garantido e que hoje a afiliação tem grande força nas suas estratégias. “Tudo que fazíamos para uma seção de mídia comum, se ela não tiver agora uma pegada para afiliação que depois vai converter para o jogo; ela não vale mais tanto a pena porque será apenas uma seção de conteúdo adaptado que não interessa tanto quanto um que fomente o negócio das apostas esportivas.

 

 

André Gelfi, co-fundador do Suaposta, reforçou a ideia de que é preciso trabalhar a confiança dos apostadores e possíveis afiliados para alcançar o sucesso. “Esse é um trabalho que é feito em sociedade e só funciona quando existe confiança, convergência de valores e interesses em comum. Isso é uma condição dada para quando o mercado for regulamentado”.

 

 

Danilo Pereira, Betting Expert da Aposta de Valor, destacou a importância dos operadores preparem bem os afiliados que irão impulsionar suas marcas. “O afiliado precisa estar preparado para trabalhar sua imagem. Você não coloca um produto diferente na sua prateleira se não pode vendê-lo, então é preciso ter o olho no olho e a transparência entre os dois”.

 

 

Rodrigo “Loco” Alves, editor do Aposta F.C., apontou que a afiliação ainda sofre com um tabu que precisa ser quebrado e que é preciso ver o quanto ela é efetiva. “A afiliação é muito efetiva e menos custosa para o operador porque, hoje, uma casa coloca milhões numa placa de um jogo do brasileirão, mas não mensura o quanto retorna pra ele. Enquanto no digital e com os links você sabe exatamente de onde vem cada cliente”.

 

 

Fabio Bampi Nettuno, Trader Esportivo, concluiu o debate ressaltando o papel do apostador, o colocando como parte mais forte do processo das apostas esportivas. “Se não tem o apostador, não tem nada. Ele é a base de tudo, mas, ao mesmo tempo, ele individualmente é a parte mais fraca, por isso precisa ter uma força nesse cenário de regulamentação que está vindo”.

 

 

Fonte: GMB