LUN 30 DE MARZO DE 2020 - 10:46hs.
Percy Wilman, Conselheiro Especial da LatAm na Genius Sports

“Ajudamos a mostrar ao Brasil como a legalização protege o esporte da corrupção ligada às apostas”

Jurisdições latino-americanas como Brasil, Argentina e Peru estão desenvolvendo mecanismos regulatórios para incentivar o setor de apostas esportivas, bem como iniciativas para proteger o esporte. Percy Wilman, Consultor Especial da LatAm na Genius Sports, conversou com a SBC Noticias sobre essa tendência e destaca que “a indústria está animada para abrir um mercado legal de apostas esportivas no Brasil, não apenas por sua escala, mas também por causa dos incentivos que pode trazer.”

Embora a Europa tenha desenvolvido uma liderança substancial no setor global de apostas esportivas com seu portfólio abrangente de produtos, alguns mercados latino-americanos como Brasil, Argentina e Peru - com a Colômbia como o país mais avançado no assunto - estão dando seus primeiros passos no desenvolvimento de mecanismos regulatórios para incentivar a indústria, bem como iniciativas para proteger o esporte.

Percy Wilman, Conselheiro Especial da LatAm na Genius Sports, abordou alguns dos aspectos nos quais a honestidade e a abertura podem ser consagradas nos esportes regionais em uma entrevista exclusiva à SBC Notícias.

Em países da América Latina, como Brasil, Peru e Argentina, a Genius Sports foi selecionada por organizações esportivas. Ligas como Superliga Argentina, Dimayor Colombia e Confederação Brasileira de Voleibol estão liderando o caminho na América Latina, investindo em várias frentes em estratégias de integridade de longo prazo.

Eles avaliam e melhoram toda a sua atividade por meio de uma auditoria abrangente de honestidade, incluindo suas regras de apostas, processos para coletar informações e procedimentos de investigação.

Ao falar sobre o Brasil, Wilman afirma: “À medida que o país avança em direção a uma estrutura licenciada para apostas esportivas regulamentadas, estamos ajudando a mostrar a organizações importantes como a Secretaria Especial de Esportes e o Ministério da Economia como a legalização pode proteger melhor os esportes da manipulação de resultados e da corrupção relacionada às apostas.”

A Genius Sports já fez parceria com o GovRisk em uma conferência histórica da qual participaram autoridades governamentais do Brasil, mas a organização afirma que continuará a colaborar através de seus Programas de Integridade, projetados especificamente para proteger as ligas e federações.

Em países da América Latina, como Brasil, Peru e Argentina, a Genius Sports foi selecionada por organizações esportivas. Ligas como Superliga Argentina, Dimayor Colombia e Confederação Brasileira de Voleibol estão liderando o caminho na América Latina, investindo em várias frentes em estratégias de integridade de longo prazo.

“Estamos observando uma tendência encorajadora de que tanto os esportes quanto os reguladores da América Latina são mais receptivos ao envolvimento com apostas esportivas legalizadas. Para as ligas e federações, a chave é seguir o exemplo da Superliga e da Dimayor na implementação de programas avançados de integridade”, disse Wilman, acrescentando que os reguladores podem impor uma série de medidas e condições de licenciamento para garantir que seus esportes permaneçam transparentes e imprevisíveis.

“Os reguladores devem procurar impor obrigações essenciais de integridade a esses operadores licenciados para garantir uma cooperação eficaz e o compartilhamento de informações com os esportes. Isso pode significar que as casas de apostas precisam cooperar com as investigações de manipulação de resultados ou criar coalizões de integridade para identificar e compartilhar tendências e melhores práticas de apostas”, concluiu Wilman.

Fonte: inkedin.com