JUE 3 DE DICIEMBRE DE 2020 - 16:29hs.
Grande crescimento da empresa brasileira

Com muito orgulho, Pay4Fun anuncia que atingiu a marca de 100 parceiros integrados

Mais uma meta da Pay4Fun é atingida. Ela acaba de alcançar os 100 parceiros integrados. Para comemorar essa marca tão importante, a empresa compartilha uma entrevista com seu CEO, Leonardo Baptista. “Somos abertos a parceiros de todos os portes. Desde pequenas empresas que querem ingressar no mercado brasileiro, até gigantes como o LeoVegas”, conta o executivo. Além disso, Baptista antecipa que nos próximos meses, a companhia lançará o Pay4Fun App e o cartão Pay4Fun Mastercard.

Tatiana Peterson - Conte um pouco da trajetória da Pay4Fun até atingir a marca dos 100 parceiros integrados.
Leonardo Baptista -
A Pay4Fun tem 5 sócios, cada um responsável por uma área diferente. Embora cada um de nós tenha uma sólida experiência em nossos respectivos setores, começar uma operação nunca é fácil. Eu, por exemplo, tinha muita experiência como diretor operacional. Mas, com uma empresa nova, é necessário primeiro que haja uma operação para ser dirigida, não é mesmo?

Então, o caminho foi realmente colocar a mão na massa, com uma pasta debaixo do braço e sair para vender nossa proposta. Na verdade, eu não tinha experiência em vender, mas por ter um grande networking, fui bater em várias portas.

O Brasil é uma verdadeira “Meca” para o setor de gaming, e as empresas com quem fomos conversando sabiam disso. Porém, estas empresas também conheciam as dificuldades operacionais que parceiros estrangeiros encontram ao querer desembarcar em nosso país.

Então, fazemos sempre questão de frisar que a Pay4Fun é uma empresa nascida e focada no mercado brasileiro, fundada por brasileiros que sabem quais são essas dificuldades e o que é necessário para que estes parceiros operem com segurança por aqui.

Somos pioneiros em nosso setor aqui no Brasil. Assim, os parceiros estrangeiros têm acesso a tudo o que é necessário para operar de acordo com os parâmetros exigidos no país. A partir daí, foi acontecendo também o famoso fenômeno do boca-a-boca. Muitos operadores internacionais, vendo que outros parceiros entraram no Brasil através da Pay4Fun, também ficaram interessados em trabalhar conosco.

Assim, foram chegando ao Brasil através da P4F, grandes nomes do entretenimento como Vera&John, 1xBet e Poker Stars. Isso tudo, além de um time focado e uma plataforma sólida, nos fez chegar aos 100 parceiros. Foi realmente um trabalho de porta em porta, feito com muita persistência. “Somos abertos a parceiros de todos os portes. Desde pequenas empresas que querem ingressar no mercado brasileiro, até gigantes como o LeoVegas”

Você poderia sintetizar em 1 palavra o que significa para a Pay4Fun a marca dos 100 parceiros integrados?
Orgulho. No início, é claro que queríamos crescer, mas nossas metas eram mais modestas. Nosso primeiro objetivo foi alcançar os primeiros 40 parceiros. E, com muita batalha, superamos nossa meta inicial, chegando aos 50 parceiros em agosto de 2019.

A partir dos 50, percebemos que poderíamos voar bem mais alto. Em menos de 1 ano, atingimos 100 sites integrados à Pay4Fun como método de pagamento. E, já temos mais parceiros chegando e em fase de integração!

É importante esclarecer que somos abertos a parceiros de todos os portes. Desde pequenas empresas que querem ingressar no mercado brasileiro, até gigantes como o LeoVegas, empresa que tem uma receita de 3,278 bilhões de Euros. A Pay4Fun não faz nenhum tipo distinção. Nosso único critério é a qualidade e credibilidade do parceiro que pretende entrar no mercado nacional.

Como você vê a posição da Pay4Fun perante o novo cenário de negócios criado pela pandemia de COVID-19?
Posso dizer que a Pay4Fun é um serviço de carteira digital voltada para e-commerce no Brasil. Quando toda essa loucura da COVID-19 começou, ficamos preocupados por conta do cancelamento dos eventos esportivos, pois o principal produto de muitos dos nossos parceiros é a aposta esportiva.

Por outro lado, nossos usuários estão em casa, e consequentemente, buscam novas formas de entretenimento. Esse público acabou se interessando por outras verticais como o cassino online, slots, bingo, e-Sports, etc. Então, embora as receitas dos sites de apostas esportivas tenham caído, os outros mercados cresceram demais, trazendo um cenário de compensação e, digo mais, felizmente, de crescimento.

Diversos sites focados nas verticais eletrônicas chegaram na Pay4Fun entre o fim do ano passado e início deste ano e, mesmo dentro de um cenário difícil para todos conseguimos crescer 100% crescer no primeiro semestre de 2020. Por conta de a Pay4Fun ser um método eletrônico de pagamento, nossos serviços tem sido muito buscados durante o período de quarentena.

Outro ponto inusitado desse período de isolamento social é que, como nosso atendimento ao cliente funciona 24/07, temos um número significativo de usuários que busca o chat simplesmente para conversar com nossos colaboradores.

Como a questão da humanização do atendimento é primordial para nós, os atendentes da Pay4Fun foram orientados a, sim, bater papo com os clientes, esclarecer que estavam trabalhando em casa também, o que tem ajudado a todos na relação mais próxima e humana com nosso público durante esses tempos tão difíceis pra todos.

 

 

Como você enxerga o cenário atual do mercado com as Fintechs e a abertura do Banco Central para projetos como o Pix?
Tanto o PIX, como as Fintechs e as carteiras digitais irão certamente atrair uma imensa parcela de clientes não atendidos pelos bancos tradicionais. A democratização do acesso aos serviços financeiros é o coração de todas essas iniciativas tecnológicas. Temos atualmente cerca de 60 milhões de desbancarizados no Brasil. Por conta da pandemia, este número deve crescer.

Em meio a tudo isso, a Pay4Fun quer oferecer um método de pagamento simples, seguro, e sem burocracia para este público. A Pay4Fun também vai trazer a tecnologia do PIX aos nossos clientes, o que trará a possibilidade de efetivação de transações financeiras em um prazo de dez segundos, 24 horas por dia, inclusive nos finais de semana e feriados.

Atualmente, quantos usuários cadastrados na plataforma a Pay4Fun possui?
Quanto a número de usuários, também estamos bastante satisfeitos. No final de 2018, tínhamos 10.000 usuários cadastrados em nossa plataforma. No final de 2019, atingimos a marca de 50.000 usuários. Até o primeiro semestre de 2020, já alcançamos a marca de 100.000 usuários com carteiras cadastradas na plataforma da Pay4Fun. Então podemos dizer que houve um salto de 200% em relação a número de usuários de 2018 para 2019 e que na primeira metade de 2020 demos outro salto de 100%.

Quais os produtos que a Pay4Fun pretende lançar em breve?
Nos próximos meses, lançaremos o Pay4Fun App, o que vai facilitar muito o registro do usuário, que poderá cadastrar-se apenas com uma foto do documento, além de ter acesso à todas as funcionalidades da sua carteira eletrônica.

Também iremos lançar o cartão Pay4Fun Mastercard, o que será mais uma forma de facilitar o acesso dos desbancarizados, que poderão carregar seu cartão através da conta da Pay4Fun via boleto bancário, caso desejarem.

Outro projeto que estamos trabalhando é no desenvolvimento de toda a UX (experiência do usuário) no site, no aplicativo, bem como a unificação da experiência entre os diversos dispositivos de acesso como Smartphones, desktops, etc.

Qual as próximas metas a serem atingidas pela Pay4Fun?
No segmento de gaming, nosso próximo objetivo é atingir a meta de 150 parceiros, o que, na realidade, engloba grande parte dos players existentes no mundo nesse mercado. Outro grande objetivo e a ampliação de novas parcerias de e-commerce nos mais diversos mercados.

A Pay4Fun também iniciará em 2021 sua expansão na América Latina em países como México, Argentina e Peru. Quanto à nossa base de usuários, nosso próximo passo é atingir o target de 500.000 cadastrados.

Fonte: GMB / Pay4Fun