VIE 27 DE NOVIEMBRE DE 2020 - 15:30hs.
Coringao.bet, Alvinegro.bet ou Fiel.bet

Corinthians confirma a Galera.bet e lança votação para escolher o nome do seu site de apostas

O Corinthians tem novo patrocinador: a empresa de apostas esportivas Galera Group, detentora do site Galera.bet. A parceria vai garantir ao Corinthians, na forma de royalties proporcionais ao engajamento, um mínimo de R$ 40 milhões em um período de cinco anos. O nome e a logomarca do patrocinador da plataforma serão escolhidos pela própria torcida corinthiana por meio de votação interativa no site http://vote.corinthians.com.br onde o torcedor deve escolher entre Coringao.bet, Alvinegro.bet ou Fiel.bet.

O Sport Club Corinthians Paulista tem novo patrocinador: a empresa de apostas esportivas Galera Group, detentora do site Galera.Bet, que em breve oferecerá no Brasil uma inovadora plataforma de apostas na modalidade Quota Fixa*, permitindo que seus torcedores maiores de 18 anos joguem em modalidades como futebol, tênis, baseball, basquete, box, MMA, e-Sports entre outros.

Com um contrato de patrocínio (que ocupará a manga do uniforme do time profissional masculino) e de licenciamento de marca na plataforma exclusiva de jogos, a parceria vai garantir ao Corinthians, na forma de royalties proporcionais ao engajamento, um mínimo de R$ 40 milhões em um período de cinco anos.

 

 

O nome e a logomarca do patrocinador da plataforma serão escolhidos pela própria torcida corinthiana por meio de votação interativa no site http://vote.corinthians.com.br. “A torcida é muito importante para o clube. Por isso, queremos oferecer cada vez mais opções de diversão e engajamento. Vamos convocar a nossa nação para participar da decisão do nome da plataforma. Queremos democratizar esse momento com os nossos torcedores”, afirma Andrés Sanchez, presidente do Corinthians.

Segundo Chanoch Ben-simchon, vice-presidente de Operações Esportivas do Galera Group, a empresa fará hospedagem e gestão de toda a plataforma de apostas do Corinthians *de forma remota e fora do Brasil* – o grupo tem escritórios em Israel e no Chipre.

“Estamos muito felizes com o acordo por essa parceria de negócios. Como clube, o Corinthians será um dos pioneiro nesse mercado de apostas esportivas, área que tem um grande potencial de crescimento no Brasil”, afirma Ben-simchon.

 

 

Além de mais investimentos no futebol, a parceria permite ao Corinthians oferecer no futuro mais entretenimento aos torcedores, estejam eles no estádio ou no conforto de sua própria casa. Trata-se de uma relação que também beneficia o clube, uma vez que gera royalties. O lançamento da plataforma digital está previsto para agosto.

Galera Gaming

Em paralelo às apostas esportivas, o Galera Group também terá novidades por meio de sua subsidiária brasileira, a Galera Gaming. Startup de tecnologia e marketing com foco em dados e entretenimento ligados ao mercado de esporte, a Galera Gaming já começou a desenvolver no Brasil aplicações que usam inteligência artificial e machine learning para calcular probabilidades e estatísticas ligadas a esportes, além de games sociais e outros serviços de Live Score. Como o setor ainda aguarda a regulamentação federal, nenhum dos produtos e serviços que a Galera Gaming operará no Brasil envolverá dinheiro.

“É fundamental termos um braço local, que entenda o mercado brasileiro. Este é um fator crucial para termos sucesso em nossa operação”, diz o israelense Ben-Simchon, que teve passagens pelos grupos especializados Intralot, Winner.com e bwin. A operação do Galera Group reúne executivos e profissionais do mercado com experiência em corporações como a britânica William Hill, além de PlayTech, Caliente e Intercasino.

Sobre as apostas esportivas

O mercado de apostas esportivas é um setor extremamente estratégico no cenário de patrocínios do futebol mundial. À espera apenas de regulamentação no Brasil, a atividade já foi incluída no Programa de Parcerias de Investimentos do Governo Federal e incluídas no Plano Nacional de Desestatização (PND), segundo o Diário Oficial da União do último dia 19.

Estima-se que, no Brasil, esse mercado gere hoje receitas em torno de R$ 2,2 bilhões em apostas esportivas, com estudos que apontam potencial de crescimento de 500% após a regulamentação definitiva.

*Modalidade de aposta esportiva em que se sabe, desde o início, quanto o apostador poderá ganhar, autorizada pela Lei Federal 13.756, de 12 de dezembro de 2018.

Fonte: GMB