MIÉ 10 DE AGOSTO DE 2022 - 08:18hs.
Empresa deve parar de utilizar os itens

Flamengo consegue liminar contra casa de apostas BetFla por uso indevido da marca

Em publicação nas redes sociais no sábado 4, o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, informou que o clube conseguiu, nesta semana, uma liminar na Justiça contra a casa de apostas 'BetFla', que usava, de forma indevida, as marcas, cores e os símbolos do clube. A decisão, inclusive, mandou a empresa parar de utilizar os itens imediatamente.

Essa semana o Flamengo conseguiu uma liminar contra a empresa BetFla, por estar usando as marcas, cores e símbolos do clube indevidamente. A decisão mandou parar essa usurpação imediatamente.

Até o momento o site está funcionando, mas espera-se que retire qualquer layout que faça alusão ao Flamengo, suas bandeiras e símbolos.

Dunshee foi às redes sociais para anunciar que o clube conseguiu uma liminar contra um site ilegal de apostas, o qual está utilizando "as marcas, cores e símbolos do clube indevidamente". Segundo o dirigente, a decisão foi para "parar a usurpação imediatamente".

Peço ajuda de todos para não usar esse site ilegal de apostas, até para proteção de vocês”, solicitou o dirigente rubro-negro, em seu Twitter.

Infelizmente para os jogadores, os sites ilegais são abundantes na web e é difícil eliminá-los. No entanto, também existem aqueles que possuem licenças e incentivam o jogo responsável como a Bettilt para proteger o jogador e proporcionar um ambiente seguro.

A polêmica envolvendo a BetFla e o Flamengo se estende desde 2021. Na ocasião, muitas pessoas acreditavam que o Flamengo era dono da casa de apostas. No entanto, BetFla e Flamengo não possuem vínculos institucionais.

Tal informação sobre esta separação foi amplamente divulgada pela diretoria flamenguista. Por isso, uma causa na justiça foi criada, pois se as pessoas acreditassem que o próprio Flamengo teria uma casa de apostas relacionada a competições que o time disputa sua credibilidade diminuiria.

No entanto, dirigentes do Rubro-Negro se pronunciaram imediatamente, dizendo que o clube não era responsável pelo site, e que, por segurança, o recomendado era que os torcedores não utilizassem este local para realizar suas apostas.

Fonte: GMB