DOM 21 DE ABRIL DE 2024 - 05:14hs.
Na Comissão de Esporte da Câmara

Fantasy Sports é destaque no 1º Fórum Legislativo do Esporte

Dados consolidados dos últimos doze meses apontam que o mercado de games movimentou US$ 2,4 bilhões no Brasil. Esse dado levou o presidente da Associação Brasileira de Fantasy Sports (ABFS), Rafael Marcondes, a reforçar durante o 1º Fórum Legislativo do Esporte, na Câmara dos Deputados, que o país é o maior mercado na América Latina. No setor de fantasy games as cifras chegaram a US$ 12 milhões.

O Fórum é uma iniciativa pioneira e teve como proposta reunir diversos segmentos ligados ao mundo esportivo para debater temas e propostas legislativas relevantes para o setor.

O evento contou com a presença do ministro do Esporte, André Fufuca, e os deputados federais Luiz Lima (PL-RJ), Coronel Chrisostomo (PL-RO), Ícaro de Valmir (PL-SE), Prof. Paulo Fernando (Republicano-DF) e Roberto Monteiro (PL-RJ), além de atletas, treinadores, gestores esportivos, acadêmicos, empreendedores e representantes da sociedade civil. 

“Como associar esportes eletrônicos e atividade física?” foi o tema do painel do qual o presidente da Associação foi convidado a participar no Fórum. Marcondes levou até o evento dados sobre a relação de esportes eletrônicos e atividade física.

 

 

O que a gente busca com o esporte? É incluir e não há motivos de deixar o esporte eletrônico de lado. O esporte é uma proposta bem ampla no contexto do ecossistema e o esporte eletrônico é uma evolução natural do esporte e da sociedade”, pontuou.

É comprovado por pesquisas nacionais e internacionais que o resultado dos melhores treinadores virtuais no Fantasy Sport depende da habilidade, estratégia, estudo e conhecimento. Dentre outros fatores, esta preparação para participar da competição é que aproxima a modalidade aos esportes eletrônicos.

A Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados realizou o debate, nesta quinta-feira (30), e aprofundou as possibilidades de associar esportes eletrônicos a atividade física de maneira positiva e integrada.

Fonte: GMB