JUE 13 DE JUNIO DE 2024 - 00:51hs.
Consórcio Pro Hards e Boldt

Lottopar autoriza WLC Paraná a operar a partir de outubro apostas esportivas em todo o Estado

Nesta segunda-feira, 18, a Lottopar autorizou a segunda empresa a operar as apostas de quota fixa no Paraná a partir de outubro. O grupo WLC Paraná, formado pela Pro Hards e Boldt S/A, com o pagamento da outorga de R$ 5 milhões, passa a ter o direito de explorar a atividade no Estado por cinco anos, os quais podem ser renovados por novo período e assim sucessivamente, desde que a empresa renove o aporte, conforme definido em Edital.

O próximo passo agora é a integração da empresa WLC Paraná à plataforma de gestão e meios de pagamentos da Lottopar. Dessa forma, desde o primeiro dia de atividade, a autarquia pode controlar as operações dos concessionários, verificar, por exemplo, a quantidade de apostas, o montante de recursos em circulação no ambiente das apostas esportivas e se todas as regras da regulamentação estão sendo cumpridas, como por exemplo, o alerta para apostas suspeitas ou fora do padrão.

Ainda, visando dar mais transparência e integridade às operações de apostas esportivas, a qualquer momento as autoridades de controle podem solicitar relatórios à Lottopar por meio da plataforma, garantindo a fiscalização e que todas as regulamentações estão sendo seguidas. Este monitoramento por meio da plataforma vai ocorrer 24 por dia, sete dias por semana, de maneira ininterrupta.

"Essa é a segunda empresa de apostas esportivas autorizada a operar em nosso estado, a partir de outubro, de maneira legal e seguindo todas as regras da regulamentação. É mais segurança para o apostador e também mais segurança jurídica para o operador lotérico. As apostas esportivas regulamentadas além de serem um entretenimento, vão gerar recursos para o caixa do estado para investimentos em habitação, segurança pública e ações sociais", destacou o presidente da Lottopar, Daniel Romanowski.

O presidente da Pro Hards, José Carlos Baungartner, apontou a seriedade de como todo o processo de autorização das apostas esportivas está sendo conduzido e apontou o Paraná como sendo um estado muito importante. "O Paraná é importantíssimo para nós, por isso vamos colocar todos nossos esforços para que as apostas esportivas sejam uma opção de entretenimento e também uma arrecadação para o governo investir em áreas sociais", destacou.

"Estamos contentes em iniciar as atividades com a Lottopar, a partir de outubro, e esse novo contrato é fundamental para nossa estratégia de crescimento na América Latina e confiamos que será um novo passo para todos nós com muitos benefícios para todos", afirmou o gerente de novos negócios da Boldt, Gastón Corales.

O valor somente com as outorgas já chega a R$ 10 milhões de reais das duas empresas de apostas esportivas autorizadas a operar no Paraná. A partir de outubro os apostadores paranaenses poderão apostar com as empresas regulamentadas e legalizadas no estado”, disse Romanowski.

Identificação dos sites autorizados

A partir de outubro, com a entrada em operação das primeiras empresas de apostas de quota fixa (AQF), as “bets”, o consumidor vai poder distinguir facilmente um site autorizado de um site ilegal no Estado do Paraná por meio de um selo de verificação. Com esse selo, que terá duas versões, uma digital para sites e outra física para equipamentos, é garantido ao apostador o acesso ao site de uma empresa regulamentada, legalizada e autorizada a operar no Paraná ou ainda que os equipamentos utilizados pelas empresas lotéricas estão devidamente cadastrados e verificados pela Lottopar em conjunto com o trabalho desenvolvido pelos laboratórios de testes e certificação.

Participaram do evento de homologação o presidente, Daniel Romanowski, o diretor administrativo-financeiro da Lottopar, Rogério Nogueira, o diretor operacional da Lottopar, Fabio Veiga, e a chefe de gabinete da Lottopar, Stefanny Fernandes, além dos representantes da WLC Paraná, Gastón Ricardo Corales, Emiliano Giri, José Carlos Baungartner e Peterson Baungartner.

Fonte: GMB