DOM 16 DE DEZEMBRO DE 2018 - 14:23hs.
Hoje às 17hs em Brasília

Caesars também se reúne com Mansueto de Almeida no Ministério da Fazenda

Como fez na semana pasada o grupo Las Vegas Sands, desta vez é o Caesars Entetainment quem se reunirá com o secretário de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria do Ministério da Fazenda, Mansueto de Almeida. A empresa apresentará um projeto de forte investimento com gereção de empregos e solictará o apoio do Minsiterio para a aprovaçào da lei do jogo de forma geral e não apenas para os cassinos.

Mansueto de Almeida receberá nesta tarde, às 17hs em Brasília, representantes do grupo Caesars Entreteniment para discutir sobre o Estado da indústria de turismo e das reformas econômicas no Brasil, ao mesmo tempo que solcitará o apoio do Ministerio para que o país tenha uma lei que aprove diversas formas de jogo e não exclusivamente os cassinos.

Pelo Ministério da Fazenda participarão, além de Mansueto de Almedia, o subsecretário de Assistência Fiscal, Energia e Loteria, Alexandre Manoel Angelo da Silva. Do Caesars Entreteniment estarão Daniel Erikson, consultor da empresa para assuntos de clientes relacionados à América Latina; Mary Morrison, também conselheira do Caesar para os assuntos da América Latina e Brasil; e André Feldman, representante do Caesars no Brasil.

“Vamos fazer uma apresentação sobre as tendências de mercado que podem ajudar no fechamento do orçamento nacional para o próximo ano e geração de empregos,” comentou André Feldman ao GMB com exclusividade.

“Em caso de legalização do mercado do jogo no Brasil, vamos a pedir o apoio do Ministério para o projeto de lei. Nós acreditamos que deve haver uma legislação para todo o mercado. E que sem o apoio em conjunto de todo o setor não teremos sucesso na legalização. Não podemos polarizar. Temos que ser unidos," agregou Feldman.

A reunião acontece um dia antes do projeto de lei que autoriza os jogos de azar seja tratado como ítem número 1 da pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) com boas posibilidades que seja votado.

Fonte: GMB