SÁB 21 DE SETEMBRO DE 2019 - 17:05hs.
Rosa Abdon, secretária estadual de turismo

“A liberação dos cassinos poderia beneficiar o turismo do Amapá”

Rosa Abdon, secretária estadual de turismo do Amapá, conversou com exclusividade com o GMB sobre a possibilidade de legalização dos cassinos no Brasil. Na sua opinião, a liberação desse tipo de estabelecimento seria positiva para atrair visitantes para o Estado, mas que deveriam ser autorizados apenas em hotéis e resorts “em benefício do turismo”. Para ela, Macapá, é, a capital do Estado, é o melhor local para abrigar os primeiros cassinos.

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) tem a missão de desenvolver políticas públicas criando oportunidades de investimentos setoriais e, com isso, expandir o turismo no Amapá. Para Abdon, a liberação dos cassinos poderia beneficiar o turismo local. “Sou totalmente favorável aos cassinos no meu estado!”, assegura ela.

O Estado do Amapá faz fronteira com a Guiana Francesa e o Suriname, dois lugares que possuem cassinos legalizados. Mesmo sendo um lugar de belas paisagens naturais, praias em rios, trilhas em matas, além de oferecer uma culinária rica e variada, perde turistas que gostam de apostas para essas duas localidades. O Brasil e o Equador são os únicos países na América do Sul que não têm cassinos legalizados.

 

 

Rosa já atuou como coordenadora financeira na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amapá. Ela acredita que cassinos devem ser liberados somente em resorts. “Em benefício ao turismo, acho que os cassinos devem estar integrados apenas a resorts e hotéis”.

A Setur é responsável pela manutenção e administração do monumento Marco Zero do Equador e do Trapiche Eliezer Levy. O órgão também fiscaliza o Cadastur, sistema do Ministério do Turismo, que visa à regularização dos prestadores de serviço do segmento no Amapá, fazendo com que todos possam atuar de forma legal no Estado.

 

 

Para a secretária do Turismo, Macapá, a capital do Estado é o melhor local para abrigar os primeiros cassinos que se instalem no Amapá.

Mesmo sendo favorável à legalização, Abdon admite que esse tema não é está entre os primeiros na agenda de sua secretaria. “Ainda não é um assunto de prioridade, mas pode ser colocado em pauta para futuras discussões e ser pensado para estar, inclusive, no planejamento de turismo”, disse.

Sobre sua posição frente à legalização dos jogos de azar em geral para Brasil, Abdon acredita “que seja algo a ser muito pensado e trabalhado antes de ser viabilizado”.

Oportunidades de turismo bem ao Norte do Brasil

O Amapá é o estado mais ao norte do Brasil. Cortado pela Linha do Equador, fica parte no Hemisfério Norte e parte no Sul, além de ser o local onde a Floresta Amazônica é mais preservada no Brasil. Por isso, o turismo no Amapá é forte em atividades ligadas ao ecoturismo, mas também em tours que exploram essa curiosidade do estado estar em dois hemisférios. 

Também se destaca por ter o maior parque nacional brasileiro (Montanhas do Tumucumaque) e a Pororoca, que é o encontro das águas do mar com as águas do rio.

Fonte: exclusivo Games Magazine Brasil