VIE 4 DE DICIEMBRE DE 2020 - 10:51hs.
Do papel à web, sempre junto com o jogo

Games Magazine Brasil completa 25 anos de muita história e notícias de qualidade

Em outubro de 1995 foi fundada a Nova Zen Editora, responsável pela revista Games Magazine e pelo portal de notícias online GMB. Nestes 25 anos acompanhamos os avanços e retrocessos da indústria de jogos no Brasil e a pujança da atividade nos cinco continentes. Para Carlos Cardama, CEO da Games Magazine, “é uma luta de todo dia mostrar a importância do setor de jogos como uma ferramenta para o desenvolvimento da sociedade. Fazemos isso com amor e muito profissionalismo há 25 anos”.


A Nova Zen iniciou suas atividades em 1995 focada na área de jogos. Antes mesmo de lançar a revista Games Magazine, Carlos Cardama, CEO da Games Magazine, atuou em parceria com Ángel Vicente no desenvolvimento da Pirâmide, a primeira e na ocasião única empresa fornecedora de cartelas para bingos de todo o Brasil, atividade que iniciava seus passos no país com a abertura da primeira sala, em 1994. O espírito empreendedor levou Cardama a contratar um estudo sobre a atividade e detectou, entre outras coisas, que o setor era carente de informações consistentes e que faltava um canal para divulgação das casas. “Isso fez com que nos decidíssemos pelo lançamento da Games Magazine, a primeira revista sobre bingos, automáticos e cassinos do Brasil”, conta. A edição “0” saiu no início de 1997 e o coquetel de lançamento reuniu os mais importantes atores da indústria de jogos no país e diversos empresários americanos, europeus e da América do Sul.

 

 

A revista passou a circular a cada dois meses e além de cobrir inaugurações de novas salas, trazia entrevistas com os principais fornecedores do mercado mundial de jogos, artistas, esportistas e outras tantas personalidades que se destacavam no jet set nacional e internacional. A cobertura das principais feiras do setor também tiveram espaço desde o início da Games Magazine. ICE, G2E, Sagse, Fadja. Para dar um toque a mais, em cada edição a revista apresentava uma matéria de turismo destacando um destino, no Brasil ou no exterior, que era complementado com entrevistas com personalidades do local.

O jogo sempre foi uma ferramenta para a indústria do turismo e a Games Magazine adotou esta pauta, trazendo o brilho de tantos lugares fantásticos no Brasil e no exterior, com sua cultura, história, atividades de lazer e muito mais”, lembra Cardama.

 

 

Entre as cidades visitadas pela equipe da Games Magazine, destacaram-se aquelas que eram sede de eventos do setor, como Las Vegas, Londres, Buenos Aires, Bogotá, Madri, Roma, e outras com seus atrativos específicos, como Florianópolis, Belo Horizonte, Recife, São Luís, Fortaleza, Manaus, apenas para citar alguns lugares no Brasil. No exterior, a equipe viajou para o Chile, Paraguai, Uruguai, Peru, Venezuela, Equador, Panamá, França, Espanha, Itália e tantos outros lindos destinos turísticos.

A forte vocação da equipe da Games Magazine e a liderança de Carlos Cardama romperam as fronteiras do Brasil e em poucos anos já existiam edições locais da Games Magazine na Itália, México, Colômbia, Venezuela e Argentina. E não foram desbravadas apenas fronteiras físicas. Em 2000, a Games Magazine lançou um programa semanal de rádio, em que abordava alguns dos temas da revista impressa e muita variedade, com entrevistas, música, esporte e cultura.

 

 

Nestes 25 anos de história, vimos o surgimento dos bingos no Brasil, a decretação de sua extinção e a luta de empresários e advogados sérios e de valor defendendo o setor como uma importante atividade econômica fortemente geradora de empregos e impostos”, comenta Cardama.

Nas quase seis mil páginas da Games Magazine Brasil foram publicadas mais de cem inaugurações de bingos, cobertura de 300 feiras e eventos, retrato turístico de 70 destinos nacionais e internacionais e entrevistas com centenas de personalidades. Destaque aqui para algumas destas pessoas: Zico, Pelé, Galvão Bueno, Nelsinho Piquet, Carlos Alberto Parreira, Sorín, Zanetti, Mascherano, Tévis, Helô Pinheiro, Maitê Proença, Lula, Marta Suplicy, Ciro Batelli, Jô Soares, Chitãozinho e Xororó, Bianchi, Washington Olivetto, Nelson Sardelli, Mário Covas, Geraldo Alckmin, Raí, Pat Morita (sr. Miyagi, do filme Karatê Kid), Amauri Jr., Oscar Goodman (ex-prefeito de Las Vegas e advogado de mafiosos nos anos 80), Lorraine Hunt (vice-governadora de Nevada) etc.

 

 

Uma das mais agradáveis conquistas foi um trabalho de conclusão de curso de pós-graduação em jornalismo elaborado por um aluno de uma universidade do Peru, que tratou do tema comunicação e jogo e usou a Games Magazine como um case de sucesso da comunicação na indústria do jogo na América Latina.

Com o fechamento dos bingos, a equipe se manteve unida, trabalhando nos bastidores do setor e colaborando para que todas as modalidades de jogos alcançassem a tão sonhada regulamentação. Os avanços aconteceram e hoje segmento é visto como uma atividade econômica forte. Se antes o assunto era o cassino, o bingo e o jogo do bicho, hoje o setor possui novas e vibrantes verticais, como as apostas esportivas e os eSports, que se somam à luta em busca de um marco regulatório para os jogos.

 

 

Com o portal GMB, o sonho que nasceu há 25 anos continua fazendo brilhar os olhos de toda a equipe e colocando o setor de jogos do Brasil em destaque global como a principal fronteira a ser alcançada para que o país se torne um dos principais do mundo. Esperamos apenas que o governo veja a força da atividade e regulamente de forma consistente um setor econômico de forte alcance social.

Do papel à web: Games Magazine Brasil passa a ser digital em 2016

Em 2016, a Games Magazine Brasil lançou sua versão digital com um site de atualização diária em português e inglês para responder a um mercado local e internacional ávido por receber informação de qualidade e quase em tempo real sobre as novidades da legalização deste “gigante adormecido”. A Carlos Cardama se somaram como sócios e editores Sérgio Maglio (co-fundador do exitoso Yogonet) e Fabian Tetelboim (jornalista de ampla trajetória nos meios) para compartilhar seus conhecimentos de web e adaptar o meio à sua nova plataforma.

 

 

O papel da versão impressa deu a vez a um site que rapidamente se consolidou na indústria graças a conteúdos rigorosos, independência de opinião, cobertura exclusiva de eventos, atualização permanente e presença em redes sociais. Junto a isso, quase 3.000 empresários, legisladores, reguladores, associações e advogados especialistas do Brasil e do mundo recebem todos os dias nosso newsletter que já se transformou em uma leitura obrigatória para aqueles que desejam estar atualizados sobre o avanço do mercado local.

Nestes anos, o GMB foi o meio oficial dos principais eventos da indústria que passaram pelo país, como o Brasilian Gaming Congress (BgC), São Paulo Affiliate Congress (SPAC) e Online Gaming Summit  (OGS). Além disso, em um ano tão especial e diferente como está sendo 2020, o site estreou sua divisão LiveSeries com um ciclo de webinars ao vivo sobre cassinos, apostas esportivas e loterias, que teve a participação de grandes nomes do mercado para compartilhar conhecimento e trocar opiniões. Na mesma linha, o jornalista especializado Gildo Mazza retornou à Games Magazine Brasil para lançar seu ciclo de entrevista em vídeo “GMB One-on-One”, onde conversa com protagonistas da indústria em um “face a face” imperdível.

 

 

Recentemente o GMB mudou seu logo original, apenas um primeiro passo de um redesenho completo que o site promete apresentar muito em breve para entrar em 2021 com uma “cara” renovada e de acordo com os tempos que correm. Novos conteúdos, mais seções, colunistas exclusivos, espações de maiores dimensões para nossos anunciantes e uma versão AMP de ágil leitura em celulares são algumas das mudanças que vêm no Games Magazine Brasil, o site sobre a indústria do jogo líder em audiência no país.