MIÉ 15 DE JULIO DE 2020 - 03:06hs.
Mato Grosso

Vereadores buscam apoio para implantação de cassinos em Corumbá

Vereadores corumbaenses defendem a implantação de cassinos para fomentar o setor de turismo da cidade. Em requerimentos, os parlamentares solicitaram informações ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, sobre a possibilidade da inclusão do Pantanal na rota nacional e internacional de cassinos. De acordo com eles, a região pantaneira possui grande potencial para a exploração dessa atividade comercial.

Inclusão de Corumbá no plano de instalação de cassinos no Brasil como forma de fomentar a indústria do turismo, influindo diretamente na economia da região, é o que pretendem os vereadores Chicão Vianna, Domingos Albaneze Neto e Gabriel Alves de Oliveira, integrantes da bancada do PSD no Poder Legislativo corumbaense.

Durante sessão ordinária dessa semana na Câmara Municipal, eles apresentaram requerimentos sobre o tema, pedindo informações junto ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, sobre a possibilidade de Corumbá ser beneficiada, o que permitiria incluir o Pantanal na rota nacional e internacional deste tipo de consumidores, contribuindo assim para o desenvolvimento econômico local, tendo em vista o grande potencial existente para exploração dessa atividade na região.

Os parlamentares acreditam que a implantação de cassinos no município poderia auxiliar no desenvolvimento econômico local. De acordo com eles, a região pantaneira possui grande potencial para a exploração dessa atividade comercial.

Além do ministro, os vereadores endereçaram os requerimentos ao senador Nelson Trad Filho (PSD) para que o parlamentar federal faça apelo ao Ministério do Turismo, com o intuito que Corumbá integre a proposta de rota dos cassinos.

Os parlamentares lembraram do argumento dito pelo ministro, que se refere à retomada da economia do país com o impulso da criação de cassinos em resorts.

O Projeto de Lei, 442/91, que trata da liberação do jogo no Brasil, espera votação desde 2016. Pela proposta, a reabertura dos cassinos em território brasileiro dependeria da obrigatoriedade de instalação das casas de jogos em redes hoteleiras.

Fonte: GMB