MIÉ 21 DE OCTUBRE DE 2020 - 09:54hs.
A ideia tem cada vez mais consenso

Senador Irajá apresentou seu projeto de cassinos em resorts para o presidente da Embratur

O Senador Irajá esteve com o presidente da Embratur, Gilson Machado, para apresentar os detalhes do projeto de lei 4495/20 de sua autoria, que estimula o turismo brasileiro com a chegada dos Resorts Integrados formados por hotéis, shoppings centers, restaurantes, espaços para shows e atrações, áreas esportivas, centros de convenções e cassinos. Também participaram da reunião os deputados federais Eduardo Bolsonaro e Hélio Lopes, entre outros.

O senador Irajá (PSD-TO) esteve com o presidente da Embratur, Gilson Machado, para apresentar os detalhes do projeto de lei de sua autoria, PL 4495/20, que estimula o turismo brasileiro com a chegada dos Resorts Integrados.

Irajá revelou que o encontro foi concretizado "ao lado dos deputados federais Eduardo Bolsonaro e Hélio Lopes, e do amigo e apresentador de TV Alvaro Garnero.” Na reunião, ele argumentou sobre a importância desse modelo de negócio para o País.

Os resorts integrados são complexos turísticos formados por hotéis, shoppings centers, restaurantes, espaços para shows e atrações, áreas esportivas, centros de convenções e cassinos.

“O potencial de investimentos é de R$ 44 bilhões com geração de 161 mil empregos, R$ 18 bilhões de impostos por ano e R$ 5 bilhões com as outorgas (concessões) que permitirão a construção de 70 mil casas populares”, explica Irajá.

A expectativa dele é conseguir dobrar em cinco anos o número de turistas estrangeiros de 6 milhões (hoje) para 12 milhões com a implantação de cassinos em resorts.

“Temos que criar agora o marco legal para a instalação desses empreendimentos no Brasil. Não podemos esperar a reabertura do turismo mundial para pensar em novos atrativos para turistas estrangeiros. A hora é agora!”, afirma o senador.

Ver esta publicación en Instagram

Apresentei ao Presidente da Embratur projeto com potencial para dobrar o número de turistas estrangeiros no Brasil. Estive com o presidente da Embratur, Gilson Machado, para apresentar os detalhes do projeto de lei de minha autoria PL 4495/20 que estimula o turismo brasileiro com a chegada dos Resorts Integrados. Ao lado dos deputados federais Eduardo Bolsonaro e Hélio Lopes e do amigo e apresentador de TV Alvaro Garnero, falei sobre a importância desse modelo de negócio para nosso País. Os resorts integrados são complexos turísticos formados por hotéis, shoppings centers, restaurantes, espaços para shows e atrações, áreas esportivas, centros de convenções e cassinos. O potencial de investimentos é de R$ 44 bilhões com geração de 161 mil empregos, R$ 18 bilhões de impostos por ano e gerar R$ 5 bilhões com as outorgas (concessões) que permitirão a construção de 70 mil casas populares. A expectativa é dobrar em 5 anos o número de turistas estrangeiros de 6 milhões (hoje) para 12 milhões. Temos que criar agora o marco legal para a instalação desses empreendimentos no Brasil. Não podemos esperar a reabertura do turismo mundial para pensar em novos atrativos para turistas estrangeiros. A hora é agora! #IrajaSenador #ResortsIntegrados #TurismoNoBrasil

Una publicación compartida por Irajá (@irajasenador) el