MAR 16 DE JULIO DE 2024 - 13:21hs.
Ataque cibernético

Hackers dizem que roubaram 6 terabytes de dados dos cassinos MGM e Caesars

O grupo de hackers Scattered Spider disse nesta quinta-feira que retirou seis terabytes de dados dos sistemas das operadoras multibilionárias de cassinos MGM Resorts International e Caesars Entertainment enquanto ambas as empresas investigam as violações causadas pelo ataque cibernético.

Falando à Reuters por meio da plataforma de mensagens Telegram, um representante do grupo disse que não planeja tornar os dados públicos. Ele se recusou a comentar se havia pedido resgate às empresas.

Se a MGM quiser divulgar essa informação, ela o fará. Nós não fazemos isso”, disse a pessoa.

O contato do grupo foi fornecido à Reuters por um especialista em segurança cibernética que administra um repositório online de amostras de malware chamado “vx-underground”, e que não quis ser identificado.

O Caesars e o MGM não responderam aos pedidos de comentários sobre a quantidade de dados violados.

O Caesars informou aos reguladores na quinta-feira que descobriu que em 7 de setembro hackers coletaram dados de um número significativo de membros de seu programa de fidelidade, incluindo “números de carteira de motorista e/ou números de previdência social”.

Anteriormente, a Bloomberg e o The Wall Street Journal reportaram que o Caesars havia pago o resgate, mas o Caesars recusou um pedido da Reuters para comentar o assunto.

A MGM disse anteriormente que estava trabalhando com as autoridades para resolver um “problema de segurança cibernética”.

O Scattered Spider, também conhecido como UNC3944, é um dos grupos de hackers mais disruptivos dos Estados Unidos, de acordo com a plataforma Mandiant Intelligence, do Google.

Vários analistas de segurança chamaram a atenção para o grupo no ano passado, por suas táticas eficazes de engenharia social. Ele é conhecido por entrar em contato com as equipes de segurança da informação de uma organização por telefone, fingindo ser um funcionário que precisa redefinir sua senha.

O FBI disse que estava investigando os incidentes no MGM e no Caesars e se recusou a fazer mais comentários.

Fonte: Reuters