LUN 27 DE MAYO DE 2024 - 13:46hs.
Em Altamira/PA

IDT-CEMA leva debate sobre cassinos para a Amazônia Brasileira

Mais uma vez o tema cassinos no Brasil desbravou fronteiras e desta vez chegou à Amazônia. Em seminário sobre turismo em Altamira, no Pará, o presidente do órgão, Bruno Omori, participou de um painel específico sobre jogos e sua sinergia para potencializar o turismo na região. Aos presentes, destacou que investimentos de mais de US$ 70 bilhões podem chegar ao país e que o Estado poderá abrigar um cassino-resort, dois turísticos e um bingo para cada 150 mil habitantes.

Bruno Omori, presidente do IDT-CEMA, participou de um debate que contou com a participação da secretária de Turismo de Altamira, Eliana Couto, do secretário de Esportes, Victor Conde, do prefeito de Altamira, Claudomiro Gomes, e do esportista e campeão olímpico de vela Lars Grael.

No debate, Omori iniciou sua explanação lembrando a força do turismo global, que movimentou mais de US$ 1,8 trilhões em 2022. “O setor sente a necessidade de criar experiências diferenciadas para o turista a negócios ou lazer em um destino como por exemplo em Altamira, no Pará, com a Floresta Amazônica e o rio Xingu, não somente atendendo às necessidades dos turistas, mas sim criando demandas como marcas como a Apple ou a Disney fazem, criando sinergias para gerar experiências diferenciadas”.

Segundo ele, unir a gastronomia regional, vivência indígena, pesca esportiva, esportes náuticos e de aventura na selva, cultura alinhadas com a sustentabilidade, será ainda mais marcante com a proximidade da COP 30, que acontecerá no Pará em 2025.

Ele levou aos presentes o atual panorama das discussões sobre a regulamentação dos jogos no Brasil, que poderá gerar investimentos internacionais superiores a US$ 70 bilhões caso todas as verticais sejam legalizadas. “O Pará poderá ter um cassino integrado a resort, provavelmente dois cassinos turísticos e ainda um bingo para cada 150 mil habitantes por cidade, que além de fortalecer os destinos, ampliarão a oferta de mão de obra”.

Além disso, o Estado pode ampliar em muito a arrecadação tributária, além do repasse dos impostos e concessões de 10% para o esporte e 12% para o turismo”, comentou. Ele ainda citou o exemplo de Las Vegas, que tem a maior oferta hoteleira do mundo com 175 mil quartos, que os jogos representam 45% do PIB, os demais 55% são resultados da gastronomia, compras, shows, cultura (tem 5 espetáculos fixos do Cirque du Soleil), eventos/feiras de todos os segmentos, e eventos esportivos, como o MMA, Hockey sobre gelo, entre outros.

Ao encerrar o encontro, o prefeito de Altamira, Claudomiro Gomes, agradeceu e congratulou os palestrantes e ficou muito otimista de “poder em breve criar um bingo ou um cassino turístico para potencializar Altamira no turismo, gerando novos empregos, fortalecendo a cultura e artistas locais, apresentar a região Rio Xingu com seus potenciais gastronômicos e esportivos, assim como a Usina de Belo Monte, que já recebeu mais de 70 mil visitantes".

Fonte: GMB