QUI 19 DE SETEMBRO DE 2019 - 09:26hs.
Investimentos

Immortals arrecada US$ 30 milhões e aposta muito no Brasil com a aquisição do Gamers Club

A empresa de eSports Immortals arrecada US$ 30 milhões, adquire a plataforma brasileira de jogos Gamers Club e se transforma na Immortals Gaming Club (IGC). A companhia disse que o Gamers Club ainda atenderá aos fãs brasileiros de CS:GO, mas adicionará mais jogos e se expandirá para além do Brasil. 'Esta angariação de fundos é um marco importante na evolução desta organização', disse o CEO da IGC, Ari Segal.

Outros US$ 30 milhões de financiamento foram garantidos pela empresa de eSports Immortals LLC, proprietária da Immortals, Made in Brazil (MIBR) e Los Angeles Valiant.

A empresa também anunciou que se reformulou como Immortals Gaming Club (IGC), após a aquisição da plataforma brasileira de jogos de videogame Gamers Club.

A empresa disse que o Gamers Club continuará a ser operado pelos co-fundadores Yuri "Fly" Uchiyama e Juliano "Memelo" Mirandolli, e ainda atenderá aos fãs brasileiros de CS: GO, mas adicionará mais jogos e se expandirá para além do Brasil.

A segunda rodada de financiamente teve participação de novos investidores, incluindo John Griffin, March Capital Partners e acionistas existentes, incluindo AEG, Lionsgate, Meg Whitman, a Milken Family e Steve Kaplan.

Comentando as novidades, o CEO da Immortals Gaming Club, Ari Segal, disse: “Reunir uma plataforma importante ao Gamers Club e a nossas operações de equipe de eEsports é um passo crítico e estimulante para permitir que o IGC se torne uma organização de esports e de games”.

“Esta angariação de fundos é um marco importante na evolução desta organização e reforça a nossa ambição de criar uma organização de jogos e eSpprts distinta e de excelência: uma empresa orientada para os valores, focada em promover e celebrar inclusividade e diversidade; uma forte equipe de gerenciamento com experiência e conhecimentos complementares endêmicos e não endêmicos; e uma base de investidores estrategicamente posicionada e altamente estratégica”, acrescentou.

Enquanto membro do Conselho de Administração e CEO da IGC Quibi, Meg Whitman, comentou: “Como um Conselho, acreditamos na estratégia diferenciada da IGC de diversificar seu portfólio de ativos além das operações do core esports. Ganhar em esportes e jogos exige comprometimento e paciência, e estamos focados em construir valor sustentável a longo prazo”.

Outro co-fundador do Gamers Club, capitão do Made in Brazil CS:GO, Gabriel “FalleN” Toledo também se tornou acionista do IGC, juntamente com Uchiyama e Mirandolli.

Fonte: GMB / Ayo News