LUN 10 DE AGOSTO DE 2020 - 08:49hs.
Banco digital deixa a camisa do Flamengo

BS2 muda de foco e agora patrocina os times de eSports Vivo Keyd e paiN Gaming

Após anunciar que deixará o espaço máster da camisa do Flamengo, o banco digital BS2 focará seus esforços nos eSports. Com o objetivo de se tornar um parceiro do ecossistema gamer, BS2 se tornou patrocinador de duas equipes profissionais, a Vivo Keyd e a paiN Gaming, que, hoje em dia, atuam nas modalidades da League of Legends, Free Fire, CS:GO, Clash Royale e Rainbow Six. O banco estampou os uniformes dos atletas já no passado final de semana no Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL).

O apoio da instituição à Vivo Keyd vale por um ano e se une a outras marcas como Vivo, Oex Game, FIAP, Make a Wish, Warrior e DXRacer. Já com a paiN Gaming, o banco integra um time de patrocinadores formado por Tinder, BMW e Coca-Cola.

Além de ter seu nome na camisa dos times, o banco isentou as taxas de recebimento de ordem de pagamento internacional dos streamers que receberem seus dividendos da Twitch, Facebook Gaming e Google Ads pela conta internacional.

Além disso, o banco lançou um projeto batizado de “Banco BS2.gg”, cujo objetivo é interagir de maneira direta com a comunidade gamer por meio de perfis exclusivos nas redes sociais.

O BS2 foi patrocinador máster do Flamengo na temporada 2019 e decidiu encerrar o contrato de forma antecipada neste mês. Vale lembrar que a presença do BS2 nos eSports não é novidade. Por conta do acordo com o Flamengo, o banco também patrocinava a equipe de League of Legends rubro-negra.

“A chegada do banco ao mundo dos eSports é algo bem natural e de acordo com a nossa visão estratégica de se tornar um grande parceiro de todo o ecossistema gamer”, diz Luís Moura, coordenador de marketing do Banco BS2.

“O movimento do banco BS2, que até recentemente apoiava o futebol, é um reconhecimento da importância de se envolver com a comunidade de eSports nas estratégias de marketing do setor financeiro no Brasil”, disse Thomas Hamence, CEO da paiN Gaming.

Fonte: GMB