SÁB 23 DE ENERO DE 2021 - 22:49hs.
Torneio de Counter Strike realizado pela BBL

Rappi amplia foco em eSports com patrocínio ao Clutch

Com o objetivo de ampliar a conexão e presença no mundo gamer, a Rappi passa a ser uma das marcas patrocinadoras do Clutch, torneio de Counter Strike realizado pela holding BBL, e que conta com apoio de empresas como Philips, Fallen, Logitech e Gigabyte. De acordo com Sergio Saraiva, CEO da Rappi no Brasil, a proposta da firma em ser um superapp dialogando diretamente com o público gamer e do eSports.

No início de julho, o aplicativo já havia anunciado a vertical Rappi Games com mais de 150 jogos de diferentes gêneros com ranking de pontuação e premiações. Ainda de acordo com Saraiva, o objetivo é oferecer games rápidos que possam atender a todos os públicos. Além de competir com os amigos, os usuários podem trocar os pontos obtidos na ferramenta por produtos disponíveis no app. A iniciativa já vem sendo testado há três meses e acumula mais de 266 mil usuários únicos.

O Clutch, conhecido como “Série A do CS:GO”, voltou às telas na última segunda-feira com mais de 57 mil espectadores simultâneos em sua estreia. Na última edição, o torneio havia contado com uma média de 24 mil espectadores, ao total, 2.8 milhões de pessoas acompanharam a competição. Nando Cohen, sócio fundador e CEO da BBL, reforça a importância das marcas conhecidas como “não endêmicas”, o que é o caso da Rappi, se aproximarem do universo de games e eSports.

“A BBL co-cria com a comunidade e as marcas, acreditamos fortemente que esse é o caminho ideal para marcas não endêmicas no segmento gamer. Gamer não é sobre “big numbers” ou audiência. Ouvir as dores e também os sonhos do cenário competitivo é um dos caminhos possíveis para realizar algo memorável, duradouro e respeitado dentro da comunidade”, diz Nando.

Fonte: GMB / Meio & Mensagem