LUN 30 DE ENERO DE 2023 - 21:27hs.
Brasil aparece em 4º lugar

Campeonatos de eSports distribuíram US$ 221 milhões em prêmios durante 2022

Campeonatos de eSports distribuíram US$ 221.174.373,34 em premiações na temporada 2022, segundo o site Esports Earnings. Foram 4.275 torneios em todo mundo, o que dá uma média de US$ 51.736,70 distribuídos por evento, a maior média da história, puxada principalmente pelo DotA 2 e Arena of Valor. O Brasil conseguiu faturar US$ 9,9 milhões e aparece em 4º lugar no ranking.

Os US$ 221 milhões distribuídos em 2022 só não só maiores, em números absolutos, do que os US$ 246.300.997,02 (R$ 1,231 bilhão) de 2021 e os de US$ 251.736.594,86 (R$ 1,258 bilhão) de 2019 na série histórica do Esports Earnings, iniciada em 1998. Só que, nesses dois anos, mais torneios foram realizados, o que torna as médias por campeonato de ambos menores do que a de 2022.

Os jogos com maiores premiações em 2022 foram o DotA 2, que historicamente ostenta a primeira posição no ranking, em razão do The International, o campeonato mundial da modalidade, que paga prêmios milionários; o Arena of Valor (uma versão ocidental de Honor of Kings, jogo de celular muito popular na China); e PUBG Mobile, outro game dominado por asiáticos.

Isso se reflete nas organizações mais premiadas. O ranking de 2022 é liderado pela Tundra Esports, que teve a equipe campeã do The International, recebendo US$ 8.518.822 (R$ 42,59 milhões) no campeonato mundial de DotA 2.

Na 2ª posição está a chinesa eStar Gaming, cujo time conquistou o Honor of Kings International Championship 2022 e levou US$ 3,5 milhões (R$ 17,5 milhões). A Team Liquid, presente em diversas modalidades e que teve a equipe 3ª colocada do The International, aparece no 3º lugar.

O clube brasileiro mais bem posicionado no ranking é a FURIA, que está na 18ª colocação, com US$ 1.722.913,73 (R$ 8,61 milhões) obtidos em premiações nos campeonatos que disputou em 2022. A LOUD, que teve o time campeão mundial de Valorant no ano passado, aparece na 61ª posição, com US$ 641.037,57 (R$ 3,2 milhões).

O levantamento aponta que o Brasil foi o quarto país que mais faturou com premiação no esporte eletrônico em 2022. O país está atrás apenas da China, Estados Unidos e Coreia do Sul.

O Esports Earning revelou que o Brasil conseguiu faturar US$ 9,9 milhões no último ano com premiação no esporte eletrônico. Líder da lista, a China faturou US$ 44 milhões em 2022.

Free Fire, Rainbow Six Siege, Rocket League e VALORANT estão entre as modalidades que ajudaram o Brasil a aparecer na quarta posição entre os que mais arrecadaram. Jogadores destes quatro jogos aparecem nas 15 primeiras posições da lista, excluindo atletas de Counter-Strike: Global Offensive.

A FURIA, com o Rocket League, faturou cerca de US$ 788 mil na modalidade por conta do título no Gamers8, na Arábia Saudita, e por terem chegado na semifinal da RLCS World Championship, mundial da modalidade.

Gabriel “Caard” Cardoso, Caio “CaioTG1” Vinicius e Yan “yanxnz” Nolasco obtiveram um faturamento de US$ 262 mil.

Além disso, o time de CS:GO dos Panteras também aparece na lista. Cada um dos jogadores do FPS da Valve, semifinalistas do IEM Rio Major 2022, obtiveram US$ 64 mil na última temporada.

No Rainbow Six, o elenco da Team Liquid obteve, cada um, US$ 96 mil. Já o squad de Free Fire da Vivo Keyd Stars, conquistou US$ 95 mil cada ao longo do ano. O elenco da LOUD, campeã do VALORANT Champions Istanbul, obteve US$ 94 mil cada graças aos resultados no Mundial da Turquia, no Masters Reykjavík e Copenhagen, além das duas etapas do VCT Challengers Brazil.

Fonte: GMB