SÁB 22 DE JUNIO DE 2024 - 21:38hs.
Fellipe Fraga, diretor de negócios

“Afiliados também são responsáveis pelo sucesso da EstrelaBet e vamos prepará-los cada vez mais”

A EstrelaBet vem ganhando cada vez mais espaço no cenário brasileiro de iGaming e o diretor de negócios Fellipe Fraga atribui isso em parte aos afiliados, como afirmou em entrevista exclusiva ao GMB. “Com a regulamentação e novas regras de publicidade vamos orientá-los sobre a forma adequada de se comunicar, mostrando aos clientes que o jogo é divertimento e uma brincadeira, devendo ser praticado com responsabilidade”. E completa: “a EstrelaBet oferece sempre o melhor brinquedo”.

 

Games Magazine Brasil – Saiu recentemente a portaria para as casas de apostas apresentarem seus pedidos de licença. A EstrelaBet está pronta e preparando os formulários?
Fellipe Fraga -
Estávamos esperando a regulamentação há muito tempo e finalmente ela chegou. A Estrela já está pronta para essa etapa do processo de obtenção da licença, com muita confiança de que vai dar tudo certo. E com muita expectativa de seguir a nossa toada de liderança de mercado, de ser uma referência, não só aqui para as empresas do Brasil, mas também mundiais, de compliance e das coisas no seu devido lugar. Estou muito confiante de que nos próximos meses vamos ter novidades e o selinho no site como uma das primeiras operadoras brasileiras certificada e pronta para operar no mercado regulamentado e licenciadp do Brasil.

A plataforma precisa de ajustes ou está pronta pelo que se desenhou dos regramentos técnicos?
Sim, tem ajustes pequenos a serem feitos ainda, pois sempre ficamos na expectativa do que definitivamente vai ser decidido ou não. Estamos nesse processo de ajustes finais. Mas no geral, a gente já vem se preparando, não só na questão de plataforma, mas compliance, jogo responsável, tudo estava desenhado e alinhado com o já tínhamos de expectativa, de objetivo, para fornecer ao nosso cliente, o jogador brasileiro, a melhor oportunidade de entretenimento em apostas. Felizmente, esse caminho está se desenhando para que tenhamos um mercado muito saudável, capaz de atender aos requisitos.

Quais são os planos de futuro quando tudo estiver regulamentado e a EstrelaBet conquistar o selo?
Continuar crescendo, mostrando e trabalhando para um mercado 100% correto. Essa luta que passou pela busca da regulamentação e regras adequadas, vai sempre continuar. Nosso empenho agora é coibir o mercado negro, que vai tentar conquistar clientes de uma forma indevida e fora das regras. E não falo só do ponto de vista empresarial, mas a regulamentação veio para garantir ao jogador condições saudáveis de jogo e entretenimento. O mercado obscuro não vai conseguir entregar a mesma coisa que as grandes empresas, sejam as de sangue brasileiro ou internacionais que vão chegar. Nossa expectativa é que essa luta seja forte e que o governo ajude nisso. Estou muito confiante pela forma como o Brasil está caminhando e 2024 está sendo um ano histórico para a nossa indústria e isso vai seguir, com certeza.

Você fala em conquista de clientes e uma das ferramentas é a afiliação. Como vocês estão trabalhando com os afiliados e reeducando-os quanto à questão da publicidade adequada?
É um tema muito interessante porque a gente vive num processo de educação, de atratividade dos afiliados, de influenciadores para dentro da nossa indústria. Dois anos atrás, nós estávamos aqui nessa mesma feira, era num contexto muito diferente. Não tinha a Gambling Brasil ainda, era só Afiliados Brasil. Éramos nós e mais duas outras operações. Hoje, está maior. Tivemos o BiS SiGMA, também em São Paulo, assim como outra feria no Rio de Janeiro em março.  São três, numa sequência muito curta, resultado do crescimento da indústria.

E os afiliados são responsáveis, grande parte, também por isso. O que agora estamos trabalhando é sobre como eles devem adotar a forma correta de comunicar, de atrair o cliente falando adequadamente aquilo que é verdade. O jogo é entretenimento, saudável e divertido. É um processo cultural de adaptação. Isso tem acontecido e as respostas são muito positivas. A forma de atrair os novos clientes deve ser saudável para que ele entenda que é algo para se divertir e não para buscar o enriquecimento. O caminho do enriquecimento é o trabalho normal e não os jogos. O jogo é para brincar e a EstrelaBet quer oferecer sempre o melhor brinquedo e a melhor opção de entretenimento para os adultos.

Os afiliados estão entendendo esse brinquedo da EstrelaBet?
Cada vez mais é muito legal ver essa evolução e até mesmo o conhecimento dos afiliados. Esse pessoal do marketing digital já fazia muito sucesso e conseguia sua relevância comunicando outros mercados no meio digital, agora abraçaram iGaming e estão entendendo muito bem a nossa indústria. Hoje eles chegam para conversar conosco com outra linguagem e é muito legal ver essa evolução de conhecimento sobre o mercado. Eles têm sido e continuarão sendo um braço muito forte de aquisição de clientes para a nossa indústria.

A EstrelaBet está brilhando dentro de uma constelação chamada Brasil?
O brilho não para. Continuamos buscando essa relevância em nível nacional e nosso sonho de ser mundial ainda segue, mas com muita certeza do nosso trabalho, daquilo que a gente tem feito de correto, de ser reconhecido pelos parceiros internacionais e também pelos afiliados, com a seriedade que a EstrelaBet busca carregar. Isso segue com toda a força.

Fonte: Exclusivo GMB