MIÉ 21 DE FEBRERO DE 2024 - 11:29hs.
Marzia Turrini, VP LatAm e Europa

“BMM terá laboratório no Brasil e acompanha os rumos do iGaming em toda a América Latina”

A BMM Testlabs esteve mais uma vez presente à ICE London para apresentar ao mercado global de jogos suas soluções de testes e certificação de produtos/serviços. Em conversa exclusiva com o GMB, Marzia Turrini, VP LatAm e Europa, destacou o avanço na regulamentação de novas jurisdições, inclusive Brasil. “Estamos prontos para atender às demandas do país, onde teremos um laboratório e equipe local.

 

Games Magazine Brasil – Mais uma vez na Feira de Londres, como você avalia a participação de vocês na ICE London?
Marzia Turrini –
Esta feira é fantástica e a primeira após a pandemia. Estamos muito satisfeitos pelo público e pelo interesse em nossas soluções, pois voltamos à temporada pré-covid.

Quais são as novidades da BMM na ICE London?
A BMM é um laboratório de certificação, compliance e muitos serviços a operadores, fornecedores e reguladores. Na feira, estamos destacando o lançamento de nossas novas divisões, que são a Big Cyber, que se especializou na área de cyber segurança, e a RG24seven, um conceito muito mais focado em jogo responsável e ações voltadas para a proteção do jogador.

 

 

É muito importante a questão do cyber segurança, já que é muito sensível à operação online!
Verdade, e não somente na área do iGaming, mas em todos os setores. Na agenda dos conselhos de administração de todas as indústrias a cyber segurança está em primeiro lugar. Há cada dias mais casos de ataques cibernéticos e é superimportante proteger-se e entender que o monitoramento 24/7 é essencial. Ele não vai prevenir, pois isso acontece, mas é possível controlar e preparar-se quanto à defesa ao ser detectado um ataque.

O tema de cyber segurança, de qualquer maneira, é muito relevante no setor de jogo e é onde estamos nos focando, para ajudar os operadores, provedores B2B, jogo online e presencial, para que estejam mais seguros e protejam suas empresas e jogadores.

Vocês têm muitos clientes na América Latina. Como foram os contatos com os players regionais?
Há muitos clientes da América Latina em Londres e foi um prazer estar com eles. Evidentemente se fala muito do Brasil e todos estão à espera da abertura do mercado Nós já estamos preparados e no dia que isso acontecer, teremos a BMM no Brasil para entrar e oferecer confiabilidade e segurança para o país, como fazemos na Europa e resto do mundo.

 

 

Estão acompanhando tudo o que acontece em termos de regulamentação?
Sim. Estamos em dia com o que vem ocorrendo. Sabemos que faltam alguns passos, mas até agora o que foi feito em termos de regulamentação está adequado. Ou seja, está protegendo o jogador e ao mesmo tempo irá ajudar a indústria, sem barreiras para operar corretamente no mercado, como aconteceu em algumas jurisdições.

Quais são os planos da BMM para 2023 e especialmente para o Brasil?
Como já falei, para nós - assim como para toda a indústria do jogo - o Brasil será a prioridade número 1. Será um dos mercados mais importantes para a indústria. Por isso, estamos trabalhando para ter um laboratório no Brasil e uma forte presença local. Enquanto aos planos gerais, estamos presentes em todo o mundo e nosso plano é crescer com a indústria, tendo licenças e acreditações em quaisquer jurisdições que se abram.

Há muito interesse sobre o que vai acontecer no Peru, Chile e Uruguai, que estão trabalhando para regular o jogo online e esperamos que isso aconteça entre este ano e 2024. Mas há outros mercados que também estão trabalhando nisso, como a Bolívia, Equador, República Dominicana e Paraguai. Ou seja, esperamos muito crescimento na região da América Latina.

 

Fonte: Exclusivo GMB