JUE 13 DE JUNIO DE 2024 - 01:44hs.
Fellipe Fraga, diretor de negócios

“EstrelaBet buscará sua licença pois vemos que o Brasil é a grande revolução nas apostas esportivas”

Participando ativamente de discussões sobre negócios durante o SBC Latinoamérica, Fellipe Fraga, CBO da EstrelaBet, encontrou um espaço em sua agenda para uma entrevista exclusiva ao GMB. Nela, contou que muitos acordos que estavam alinhados foram fechados e que em 2024 aplicará por uma licença. “Em poucos anos o mundo verá que a grande revolução e avanço para jogos e entretenimento será no Brasil”.

Games Magazine Brasil – Qual sua avaliação do SBC Latinoamérica e a presença de tantos brasileiros em Miami?
Fellipe Fraga –
Essa feira é muito especial, primeiro porque Miami é a capital da América Latina. Costumo dizer que aqui não falamos inglês, falamos apenas espanhol. É importante porque muitas pessoas-chave da indústria e executivos de alto nível vêm para essa feira, participam de discussões, e temos uma melhor chance de nos sentarmos e discutirmos questões focadas para a América Latina, ao contrário das feiras na Europa, que são obviamente muito positivas, mas com uma dinâmica diferente.

O SBC consegue construir aqui, focado no mercado latino-americano - e isso se torna muito importante - o desenvolvimento de negócios nessas feiras, que avança de uma maneira diferente e muito positiva. Gosto muito; é mais relaxado, e para muitas pessoas, é a última feira do ano. Para aqueles focados apenas na América Latina, eles encerram o ano aqui em vez de ir para a feira de Malta, e é uma ótima oportunidade para aproveitar. O primeiro dia tem sido maravilhoso, com muitas reuniões, uma agenda cheia, mas sempre muito interessante.

O que significa para a EstrelaBet estar aqui e como vão indo os negócios entabulados em feiras anteriores e agora?
Aqui conseguimos aproveitar e aprimorar o que já vimos construindo em outras feiras. Avançamos em algumas dessas ideias e acordos, o que tem sido muito produtivo. Com isso, podemos oferecer novas experiências para nosso cliente final, para que o entretenimento e as apostas esportivas sejam feitos de uma forma completa, divertida e com responsabilidade.

Neste ano, devido às nossas estratégias diferentes, escolhemos não ter um estande. Preferimos seguir a dinâmica de visitar os estandes dos parceiros, e tem funcionado da mesma forma para nós. Tem sido maravilhoso. Sentamos, conversamos, encontramos novas oportunidades e o que é legal nessas feiras é que a indústria é tão conectada, um conhece o outro, se apresenta, e criamos um ecossistema saudável e interessante de boas pessoas.

Falando em ecossistema saudável e interessante, temos a EstrelaBet com seu novo site, tudo está funcionando bem? Como tem sido a resposta do usuário final?
Tem sido muito boa. Fizemos uma pesquisa recente para entender nosso usuário, pois nos importamos muito com o cliente tendo uma boa experiência e se divertindo com a EstrelaBet. O feedback, especialmente nas apostas esportivas, tem sido muito positivo. Os números têm respondido bem. Nos jogos online com as novidades que estão chegando, as pessoas têm gostado muito e respondido bem, tudo dentro das expectativas. A experiência do usuário como um todo, desde entrar no site até o entretenimento e a parte bancária de depósito e retirada de fundos, também tem sido positiva.

Até o final do ano nossos parceiros devem entregar mais coisas, e para 2024, ainda mais novidades que estamos preparando e trabalhando. As viagens são essenciais para isso, trazer cada vez mais entretenimento diferente, coisas que talvez nem estejam no Brasil. Estamos trabalhando nisso para que nossos clientes possam se divertir com a EstrelaBet.

Quais são os planos para 2024?
São muitos, e muitos deles nem podemos anunciar ainda, mas nosso projeto de expansão é muito claro, e ele continua. Tivemos uma adição muito importante à nossa equipe, que será anunciada em breve, uma pessoa de grande relevância na indústria que está se juntando a nós e contribuirá para esse processo de expansão de novas atividades. 2024 reserva para nós um ano de consolidação. Estamos trabalhando na expansão da marca, na expansão da experiência, ainda mais consolidação.

Parece que finalmente, com o mercado regulamentado no Brasil, poderemos conversar com nossos clientes brasileiros de forma própria e segura. A regulamentação tem esse objetivo, de garantir uma estrutura robusta não só para os operadores e provedores, mas também para o cliente final.

Esperamos que essa regulamentação seja saudável e que o Brasil comece 2024 com essa regulamentação funcionando. A EstrelaBet certamente fará parte desse processo.

Com todas as características que você apontou, está claro que a EstrelaBet aplicará por uma licença?
Sempre esteve em nossos planos, desde que a EstrelaBet decidiu iniciar operações no Brasil, oferecendo jogos para o mercado brasileiro em língua portuguesa, sempre foi com a visão de obter essa licença. Esperávamos que ela fosse emitida em 2019, mas se tornou uma luta nos últimos anos, e estou muito confiante de que agora avançaremos, e a Estrela certamente fará parte dessa revolução no mercado regulamentado no Brasil com a licença.

Tenho certeza de que o Brasil será o maior mercado regulamentado do mundo, cujo potencial é imenso. Será um destaque relevante também do ponto de vista de relevância financeira e em poucos anos o mundo verá que a grande revolução e avanço para jogos e entretenimento será no Brasil.

Fonte: Exclusivo GMB