SÁB 19 DE OUTUBRO DE 2019 - 11:31hs.
Thomas Carvalhaes, Gerente Geral para Brasil e Latam

“LeoVegas quer cooperar com o Governo para que o mercado brasileiro seja o melhor”

O grupo LeoVegas tem estado na expectativa de entrar no mercado Brasileiro há no mínimo 5 anos e agora aposta na abertura do mercado legal de jogos como vetor de crescimento financeiro no país. “Esperamos que as regras e diretrizes para uma atuação no Brasil sejam estabelecidas de forma rápida e prática”, assegura em entrevista exclusiva para GMB o gerente geral do grupo para Brasil e LatAm, Thomas Carvalhaes.

GMB - Conte-nos primeiro, como uma introdução, sobre o LeoVegas. Quais produtos e serviços oferece à indústria de jogos e em quais mercados atualmente opera?
Thomas Carvalhaes -
O grupo LeoVegas vai muito além da marca LeoVegas, outra parte integrante e importantíssima é a marca Royal Panda; e também outras marcas que operam no mercado britânico, devidamente regulamentadas e seguindo a legislação local. A LeoVegas se orgulha de ser uma das empresas mais sérias e reconhecidas no setor de apostas em todo o mundo. Trata-se de uma empresa Sueca, de capital aberto e com açōes na bolsa de valores de Estocolmo, Suécia. Isso demonstra que realmente somos uma empresa transparente e comprometida com o futuro e progresso de cada país onde operamos. Além disso, a nossa licença para operar como casa de apostas, é concedida e regulada pela respeitadíssima MGA (Malta Gaming Authority); uma das entidades reguladoras com maior prestígio entre operadores, afiliados e clientes em todo o mundo.

Como é a chegada do LeoVegas ao Brasil? Há quanto tempo você trabalha para entrar no país e qual é a oferta do produto para o mercado local?
A LeoVegas tem estado na expectativa de entrar no mercado Brasileiro há no mínimo 5 anos. O Brasil sempre foi muito falado e comentado por ser um dos mercados de maior potencial em todo o mundo. O grupo LeoVegas trata assuntos como regulamentação e compliance (cumprimento das regras e legislação) muito a sério, sendo uma das líderes em compliance no mercado Europeu. Temos uma expectativa muito grande para que as regras e diretrizes para uma atuação no Brasil sejam estabelecidas de forma rápida e prática, trazendo o jogo em geral para a margem da legalidade em um ambiente comercialmente competitivo e favorável a todos; gerando receitas e progresso para o país. Sabendo que o Brasil é o país do futebol, podemos aguardar um vínculo muito forte entre o grupo Leo Vegas e o futebol do país.

Como os produtos lançados foram recebidos pelos clientes brasileiros? A empresa desenvolveu algo específico pensando nas características do jogador local?
Neste momento, a posição do grupo LeoVegas é contribuir para uma maior maturidade do mercado Brasileiro como um todo. Participando ativamente de discussōes em torno de compliance, jogo-responsável e responsabilidades do operador. Obviamente, temos um planejamento bastante específico para o mercado Brasileiro, porém, entendemos que o momento é de cooperar com os órgãos do governo, bem como com as demais casas de apostas, na busca do mercado que seja o melhor, o mais justo e o mais comercialmente aberto possível que o Brasil possa oferecer. Isso certamente beneficiará a todos, desde cliente direto, passando pela agência reguladora e chegando até as autoridades competentes

 

 

Quais são suas expectativas para a empresa no Brasil? Qual a importância desse mercado para o LeoVegas e para o mercado internacional de jogos?
As expectativas são as melhores possíveis. Conforme mencionado na pergunta anterior, já passou da hora do Brasil deixar de ser potencial e traduzir as oportunidades em realidade. O grupo LeoVegas tem tratado o mercado Brasileiro como um dos prioritários, e a expectativa no momento é de seguir colaborando com as autoridades competentes em busca de um mercado sério, maduro e justo para todos

Como você imagina o LeoVegas trabalhando no contexto de um mercado brasileiro legalizado? Haverá uma equipe sediada no país?
O compromisso da LeoVegas sempre será de entrar em cada mercado da maneira mais responsável e competitiva possível. Sabemos da importância e potencial do ramo dos jogos no Brasil: Geração de divisas, movimentação da economia, redução da atividade criminosa, geração de emprego e renda, e muito mais. Tudo dependerá muito do rumo que irá tomar a eventual regulação do mercado de jogos no Brasil. 

Quais outros países você está de olho ao entrar na América Latina? O LeoVegas possui uma estratégia clara de expansão na América Latina?
O grupo LeoVegas está sempre atento às novas oportunidades. Temos uma competentíssima equipe de expansão de negócios, que junto à também competentíssima equipe de conselho legal e compliance, determinam quais seriam os próximos mercados a serem considerados como potenciais investimentos para o grupo. Conforme mencionado na pergunta anterior, temos todo um plano de expansão de negócios e investimentos nos mais diversos países da América Latina, cabe a cada país atuar com celeridade, definindo as regras do jogo

Como sua experiência tem sido até agora trabalhando na América Latina? Quais países você vê mais avançados no setor de jogos online e quais estão se movendo lentamente?
Certamente temos os mais diversos exemplos na América Latina. É importantíssimo ver cada país como um mercado distinto, com oportunidades e desafios únicos. Temos na Colombia um exemplo de como é possível um país da América Latina formular e gestionar de forma eficaz um modelo de regulação. Temos no México, um modelo de regulamentação não tão agradável, que ao meu ver, encoraja mais a ilegalidade do que a formalidade. Temos na Argentina, um exemplo de oportunidades chaves que podem ser perdidas por falta de clareza, colaboração e direção.

Fonte: Exclusiva Games Magazine Brasil