MAR 31 DE MARZO DE 2020 - 08:10hs.
Na plataforma Amazon

O advogado Jaques Reolon lança seu livro “Cassinos, Jogos de azar e Loterias - Liberação no Brasil”

Este mês, o especialista Jaques Reolon, Presidente da Associação Nacional dos Advogados nos Tribunais de Contas do Brasil e VP do escritório Jacoby Fernandes & Reolon, colocará na plataforma Amazon seu novo livro, “Cassinos, Jogos de azar e Loterias - Liberação no Brasil”. A obra de 110 páginas analisa os projetos de lei, a modelagem para os cassinos, modalidades de jogo, fiscalização, tributação, oportunidades para empresários e loterias estaduais. O livro custará R$ 29,00 (versão e-book) e R$ 46,00 (físico).

Os números relacionados às atividades de jogos no mundo são impressionantes. Somente no Brasil, a estimativa de arrecadação tributária é próxima a 20 bilhões de reais por ano. A expectativa é que somente os cassinos possam criar mais de 20.000 empregos e, incluindo-se a totalidade dos jogos, algo próximo a 700.000 postos de trabalho.

“Este livro foi escrito com clareza e sob a forma de perguntas e respostas para o leitor decidir o que quer ler. Tentou-se traduzir os termos técnicos para facilitar a compreensão dos profissionais e empresários das diversas áreas, afinal posso querer me inserir ou investir em área distinta da atual. Interessa a investidores privados, profissionais liberais, agentes do setor público e diversos outros”, disse Reolon.

O livro inclui respostas aos seguintes tópicos:

  • Análise dos projetos de lei da Câmara e do Senado
  • Comentários sobre a liberação judicial dos jogos de azar
  • Modalidades de jogos
  • Como serão explorados pelas empresas
  • Modelagem para a exploração dos Cassinos
  • Fiscalização, sanções, controle financeiro e tributação
  • Jogos já legalizados no Brasil
  • Modelos de negócios para loterias estaduais


Grandes players internacionais já fizeram análises da viabilidade econômica e financeira em alguns estados no Brasil. Santa Catarina, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, estados do Nordeste e do Norte do país certamente são importantes nesse cenário. No Distrito Federal, já houve análise do local ideal para exploração de cassinos.

Reolon é advogado, economista, consultor, conferencista, palestrante, mestrando em Administração Pública, especialista em Direito Administrativo, membro das Comissões de Direito do Terceiro Setor e de Advocacia nos Órgãos de Controle da Ordem dos Advogados no Brasil. Ele é autor de livros e artigos relacionados à gestão pública, com sólida experiência em análise de processos de licitações e contratos. O advogado ocupou diversos cargos em Tribunais de Contas, como assessor de conselheiro, assessor-chefe no Ministério Público e secretário executivo do Ministério Público, dentre outros.

“Aqui pode-se saber, muito resumidamente, sem perda da compreensão, como será a exploração de jogos no país, a participação do Estado nesse novo mercado, as áreas de negócios mais afetadas, pois empresas e profissionais precisam estar preparados. E o livro tem um capítulo especial sobre dicas para explorar as loterias estaduais. Atenção, governadores: não deixem de arrecadar e criar empregos!”, explica o especialista.

Há diversas empresas no mundo aguardando a liberação dos jogos no Brasil, principalmente os grandes players de cassinos. Não há profissionais brasileiros especializados para atuar nessa área, caso sejam instalados os cassinos que demandam serviços diferenciados de uma planta fabril, comercial ou de logística, por exemplo.

Inicialmente, a necessidade por profissionais, desde executivos até prestadores de serviços mais comuns, pode ser suprida com a concessão de visto para trabalho estrangeiro no país, mas é uma oportunidade única de empregabilidade diferenciada e bem remunerada. “As empresas brasileiras também devem se preparar para a enorme demanda por serviços profissionais especializados que se espera. E são muitos e dos mais variados”, conclui o advogado.

Fonte: GMB