MIÉ 21 DE OCTUBRE DE 2020 - 10:07hs.
Representante brasileiro no Ampersand

Bruno Omori fala em evento da Clarion sobre cassinos, jogos e projeto com casas de apostas

Bruno Omori, presidente do Instituto de Desenvolvimento, Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente (IDT-CEMA), participou na quarta-feira da Ampersand, reunião da Clarion que tratou de métodos de pagamento, tecnologia e inovação. Durante o encontro virtual, o representante brasileiro falou do atual estágio da regulamentação dos jogos no Brasil e antecipou que as empresas de apostas esportivas irão estabelecer uma parceria com o trade turístico.

A Ampersand é um evento que acontece durante a ICE e que neste ano teve Bruno Omori como um dos representantes do Brasil, juntamente com participantes de mais de 100 países. Na Ampersand acontecem discussões gerais sobre jogo e ao longo do ano são realizados encontros pontuais sobre temas específicos.

Na reunião de 30 de setembro, que teve como foco a automação, pagamentos eletrônicos e inovação em um ambiente de covid-19, Bruno traçou um rápido panorama do estágio do mercado de jogos no Brasil e sobre o setor de turismo, fortemente atingido pela pandemia.

A Clarion tem provocado discussões interessantes com lideranças do mercado de jogos, unindo também o turismo e todas as indústrias que impactam no setor de gaming”, conta. Segundo ele, no encontro desta semana a reunião virtual discutiu a retomada dos jogos com a união da tecnologia do mercado online com o mercado físico. “Discutimos ações que estão sendo feitas do ponto de vista legal de regulamentação dos governos para aceitar, por exemplo, apostas utilizando ferramentas de pagamento online e até mesmo criptomoedas”, informa.

O objetivo da reunião, segundo ele, foi “discutir a utilização de ferramentas tecnológicas para atender ao setor de jogos e entre elas o pagamento eletrônico, modernas tecnologias para controle da lavagem de dinheiro, cassinos híbridos e turismo. Falamos sobre os impactos da pandemia sobre o fluxo de turistas no mundo todo e, claro, no Brasil”.

O dirigente falou aos participantes do atual estágio do Brasil na área de jogos. “Informei sobre a regulamentação do mercado, que avança cada vez mais com novos adeptos a favor da atividade, tanto no Poder Legislativo quanto Executivo, empresários e o trade turístico”, disse. Na sua avaliação diante dos participantes de países como Filipinas, Portugal, Espanha, Estados Unidos, Inglaterra, África do Sul e Índia, a aprovação de um marco para os jogos está próxima.

Todos sabem a importância da entrada de capital da ordem de bilhões de dólares em investimentos que irá aquecer a economia. Os jogos permitem isso e poderemos gerar um impulso tremendo no turismo”, comentou.

Embora não tenha dado mais detalhes, Bruno Omori falou que as empresas de apostas esportivas está para lançar um projeto em parceria com o trade turístico. “Será um programa para unir as maiores empresas de apostas esportivas e o mercado turístico, hoteleiro e de parques”.

Como o projeto ainda está em fase de contrato com algumas empresas de apostas esportivas e o trade de turismo, Omori se comprometeu a revelar a novidade tão logo todo o processo esteja formatado e assinado.

Fonte: GMB