MIÉ 15 DE JULIO DE 2020 - 02:51hs.
Rose de Freitas (PODEMOS/ES)

Senadora propõe destinar prêmios de loterias não reclamados ao combate contra a COVID-19

Para solucionar um ponto crítico no sistema de saúde pública como a falta de respiradores (ventiladores pulmonares) e equipamentos de proteção individual (EPIs) na luta contra a pandemia, o projeto de lei N° 3341, de autoria da senadora Rose de Freitas (PODEMOS/ES), sugere o direcionamento dos recursos dos prêmios de loterias não reclamados para essa finalidade. Esse é um montante relevante de R$ 331,9 milhões em 2019, segundo dados da Caixa Econômica Federal (CEF).

Os crescentes números de mortes e infectados pelo novo coronavírus foram um alerta para a senadora Rose de Freitas (PODEMOS/ES). Segundo ela, "não é aceitável que doentes morram por falta de equipamentos de ventilação mecânica, absolutamente necessários em casos mais graves, e que profissionais de saúde sejam contaminados por falta e equipamento de proteção, como máscaras e vestimentas médicas adequadas.”

Como uma solução para enfrentar a pandemia, Rose propôs ao Senado que, durante essa época de calamidade pública, fossem destinados a ações de combate ao Coronavírus os recursos dos prêmios de loterias não reclamados. Esses recursos serão aplicados exclusivamente na aquisição de ventiladores pulmonares e equipamentos de proteção individual (EPIs).

"Para enfrentar essa situação, urge direcionar recursos para atender essas necessidades prementes do sistema de saúde pública. Uma possibilidade que apresentamos é o direcionamento dos recursos dos prêmios de loterias não reclamados para essa finalidade. Esse é um montante relevante de R$ 331,9 milhões em 2019, segundo dados da Caixa Econômica Federal (CEF)”, justifica a senadora.

Fonte: GMB