LUN 10 DE AGOSTO DE 2020 - 19:31hs.
Compra de câmeras de vigilância

PL pede transferência dos recursos da loteria para segurança de municípios com alta criminalidade

O projeto de lei apresentado pelo deputado Benes Leocádio (REPUBLICANOS - RN) dispõe sobre a transferência dos recursos de sorteio da loteria para compra de câmeras de vídeo a serem distribuídas para os 40 municípios com os maiores índices de criminalidade do país. 'Com este PL, poderemos dar uma maior cobertura nas áreas de risco das cidades brasileiras, criando a condição de se antecipar a ida da autoridade policial a lugares onde pessoas com atitudes suspeitas se apresentam”, justifica Leocádio.

De acordo com o projeto de lei apresentado pelo deputado Benes Leocádio (REPUBLICANOS - RN), a cada ano, os recursos devido à Caixa Econômica Federal de três sorteios da loteria serão destinados à compra de câmeras de vigilância. Após o primeiro ano de transferência, os recursos serão destinados aos municípios que tenham o índice entre 41º e 80º de criminalidade.

“A falta de recursos e de pessoal nos órgãos de segurança pública, faz com que busquemos meios para combater a criminalidade no País de forma eficiente e com poucos recursos”, argumenta o deputado.

“Os centros de controle de vigilância, onde pouco policiais estão presentes, demostram, ainda, poucas câmeras espalhadas pela cidade. Assim, com este Projeto, poderemos dar uma maior cobertura nas áreas de risco das cidades brasileiras, criando a condição de se antecipar a ida da autoridade policial a lugares onde pessoas com atitudes suspeitas se apresentam”, conclui.

Segundo Leocádio, o custo da câmera é “infinitamente menor” do que a compra de viaturas e aumento do quadro de policiais para vigilância dessas áreas.

Fonte: GMB