MAR 19 DE ENERO DE 2021 - 04:59hs.
TopMídiaNews

Discussão é acirrada, mas maioria dos leitores aprova liberação de jogos de azar

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) acredita que parte dos impostos recolhidos trariam recursos para programa que favorece famílias carentes. Pensando nisso, o site TopMídiaNews lançou a seguinte enquete: você é favorável à liberação dos jogos de azar? Para 55,29% dos leitores deve haver a liberação dos jogos. Já 44,71% opinou que não. A enquete ficou no ar uma semana e reflete exclusivamente a opinião dos leitores do site.

Diante do cenário de pandemia da COVID-19, o debate sobre legalização de cassinos, bingos, caça-níqueis e o jogo do bicho, voltou à tona. 

Projeto do senador Ciro Nogueira (PP-PI) acredita que parte dos impostos recolhidos trariam recursos para programa que favorece famílias carentes. 

Segundo o senador, a legalização desses jogos pode gerar, a curto prazo, uma renda de R$ 50 bilhões ao ano para o governo. Em Campo Grande, bancas de apostas do jogo do bicho foram fechadas durante a operação Omertà. 

Pensando nisso, o TopMídiaNews lançou a seguinte enquete: você é favorável à liberação dos jogos de azar? Para 55,29% dos leitores deve haver a liberação dos jogos. 

Já 44,71% opinou que não. A enquete ficou no ar uma semana e reflete exclusivamente a opinião dos leitores do site. 

Cassinos no Brasil 

Os cassinos foram legais no Brasil até 1946 e marcaram época em casas como o Cassino da Urca, o Golden Room do Copacabana Palace e o Palácio Quitandinha, em Petrópolis.

Além disso, a regularização dos cassinos e demais jogos, considerados de azar, é discutida há quase 3 décadas no Congresso, considerando-se o PL 442/1991, uma das propostas mais antigas em andamento na Câmara dos Deputados. 

Fonte: TopMídiaNews