DOM 22 DE MAYO DE 2022 - 19:57hs.
Advogada do escritório Maia Yoshiyasu

Maria Luiza Kurban Jobim assina capítulo dedicado ao Brasil em livro sobre indústria global de jogos

Acaba de ser colocado para download pelos editores o ebook (também no formato físico) “The Global Gambling Industry”, que aborda em profundidade aspectos do setor de jogos em todo o mundo, com análise de importantes articulistas e advogados especializados na área. Entre os experts no tema, destaque para a brasileira Maria Luiza Kurban Jobim, do escritório Maia Yoshiyasu, autora do artigo “Alinhando os dados entre as experiências passadas e os objetivos futuros: as complexidades e idiossincrasias que envolvem a atual regulamentação do jogo comercial no Brasil”.

A renomada advogada brasileira Maria Luiza Kurban Jobin, especializada no setor de jogos e membro do escritório Maia Yoshiyasu participou da publicação “The Global Gambling Industry”, livro editado pela Springer Nature que condensa artigos sobre a indústria mundial de jogos.

Um dos capítulos é justamente dela e tem o título de “Aligning the Dice Between Past Trials and Future Goals: The Complexities and Idiosyncrasies Involving Current Commercial Gambling Regulation in Brazil”.

Nela, a autora destaca as complexidades do Brasil na questão da regulamentação dos jogos e o que se pode esperar do futuro. Em sua apresentação, Maria Luiza destaca a dicotomia entre a ilegalidade dos jogos no país em relação à legalização. Em sua narrativa, a autora traça um histórico do setor a partir da década de 40 do século passado com a proibição dos cassinos, passando pela curta “regulação traumática e caótica do bingo”, que operou no Brasil no início dos anos 1990 até meados dos anos 2000.

 

 

Com muita propriedade, Maria Luiza destaca que “desde então, os operadores comerciais têm sido criativos em encontrar brechas nas leis e incansáveis ​​em defender a legalização adequada e geral do setor, mas até agora nenhum deles teve sucesso suficiente”, alinha.

Às vésperas da regulamentação das apostas esportivas, a autora diz em suas redes sociais: “2022 - Em um ano tão marcante para a regulação do jogo no Brasil, não poderia me sentir mais lisonjeada em ter participado de uma análise tão abrangente e profunda sobre a regulação do jogo comercial ao redor do mundo – tratando do peculiar caso brasileiro – ao lado de tantos especialistas experientes na matéria”.

Mais informações e download do livro disponível aqui.  (disponível apenas em inglês e também no formato impresso)

Fonte: GMB