MAR 16 DE AGOSTO DE 2022 - 15:28hs.
Daniella Marques entra no lugar do Pedro Guimarães

Nova presidente da Caixa comandava a secretaria que regula as apostas esportivas e loterias

Daniella Marques acaba de ser nomeada nova presidente da Caixa Econômica Federal em substituição a Pedro Guimarães. Até então à frente da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade, responsável pela regulamentação das apostas esportivas e loterias, Daniella é muito próxima de Paulo Guedes, ministro da Economia, de quem foi sócia na iniciativa privada antes de entrar para o governo de Jair Bolsonaro.

Daniella Consentino Marques foi nomeada para a presidência da Caixa Econômica Federal no lugar de Pedro Guimarães. Formada em administração pela PUC do Rio de Janeiro e com MBA em finanças, Daniella trabalhou por 20 anos no mercado financeiro antes de entrar no governo, em 2018. Ela foi sócia de Guedes na Bozano Investimentos antes de ambos assumirem seus cargos na administração pública com a posse de Jair Bolsonaro.

À frente da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques passou a ser responsável pela regulação, autorização e fiscalização das atividades de distribuição gratuita de prêmios, bem como de atividades ligadas à regulação de loterias e outras modalidades que envolvem pagamento de prêmios, como sweepstakes e corridas de cavalos.

A nova presidente da Caixa substitui Pedro Guimarães, que pediu exoneração do cargo após graves e vergonhosas denúncias de assédio sexual de Pedro Guimarães contra funcionárias da CEF.

Daniella Marques, de 42 anos, foi uma escolha sensata tanto do ponto de vista da economia, já que atuou por 20 anos no mercado financeiro, assim como do ponto de vista político, já que após denúncias de assédio sexual de Guimarães, o presidente da República nomeou uma mulher para ocupar a presidência da Caixa Econômica Federal.

Fonte: GMB