SÁB 26 DE SEPTIEMBRE DE 2020 - 08:09hs.
Se assemelha ao “caso Bettina”

Banco Santander é processado por propaganda enganosa “Din Din do Milhão”

O Procon-SP pedirá esclarecimentos ao Banco Santander sobre publicidade que divulga títulos de capitalização da instituição. As campanhas “Você milionário ou seu dinheiro de volta” e “DinDin Santander” são alvo de duas ações no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). A Caixa também reclama ao órgão regulador de publicidade comparativa irregular, uma vez que cita a palavra “loteria” e promove comparação de produtos diferentes.

Segundo o chefe de gabinete do Procon-SP, Guilherme Farid, o primeiro comercial não explica como fará os consumidores se tornarem milionários, e se assemelha ao “caso Bettina“, campanha da Empiricus com uma jovem de 22 anos que dizia ter acumulado R$ 1,042 milhão de patrimônio.

O Procon quer que o Santander comprove, baseado em dados técnicos e científicos, a possibilidade de tornar os clientes dos títulos milionários. “O Código reconhece o consumidor como vulnerável. Por isso, a campanha deveria deixar claro que o produto se trata de um título de capitalização e que não vai alcançar um rendimento de poupança, por exemplo. Precisa ter o máximo de informações possível”, afirma Farid, em reportagem do portal UOL.

Segundo o Conar, a campanha “Você milionário ou seu dinheiro de volta” faz promessa de ganhos exagerados com os títulos de capitalização. Já a Caixa reclama ao órgão regulador de publicidade comparativa irregular, uma vez que cita a palavra “loteria” e promove comparação de produtos diferentes.

Além do Procon, a Caixa Econômica Federal também entrou com uma ação. O banco concorrente alega que a propaganda apresenta irregularidades ao citar a palavra “loteria” e promover uma comparação de diferentes produtos. A notificação ao banco deve chegar na próxima semana, e o Santander terá um prazo de 72 horas para responder aos questionamentos do CONAR e Procon.

A campanha do título de capitalização “Din Din do Milhão” do Santander fere o Código de Defesa do Consumidor, de acordo com o órgão de proteção ao consumidor, que entende não ser bem assim para ficar milionário com a modalidade de poupar dinheiro.

O título de capitalização é um título de crédito que é adquirido por um prazo determinado. A finalidade deste serviço é guardar dinheiro e participar de sorteios de prêmios. No caso do Santander, onde ocorrem sorteios mensais de R$ 1 milhão a R$ 4 milhões.

De acordo com o Santander, você concorre a prêmios menores ou maiores na campanha “Din Din do Milhão”, dependendo da quantidade de dinheiro que você coloca por mês, que pode ser de R$ 50 a R$ 200. Os prêmios são de R$ 1 milhão por mês e R$ 10 mil por semana para o pagamento de R$ 50. R$ 2 milhões todos os meses e R$ 20 mil toda semana para quem paga R$ 100. Por último, quem paga R$ 200 por mês concorre a R$ 4 milhões mensalmente e R$ 40 mil semanalmente.

Fonte: GMB