SEG 19 DE AGOSTO DE 2019 - 02:25hs.
O banco vai mudar sua política de publicidade

Caixa vai priorizar o patrocínio ao esporte de base e de grupos comunitários

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que a inserção social de pessoas com deficiência por meio do esporte é uma das frentes de investimento do governo federal. De acordo com o presidente da CEF, Pedro Guimarães, que visitou o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), em Rio Branco, o banco pretende mudar a política de patrocínio e vai priorizar o apoio ao esporte de base e de grupos comunitários e não mais a clubes de futebol.

Em sua conta no Twitter, Bolsonaro fez referência aos investimentos do Caixa Mais Brasil, que destinará recursos da Caixa Econômica Federal (CEF) à iniciativa. 

Na última semana, o presidente da CEF, Pedro Guimarães, esteve no Acre e afirmou que o banco pretende mudar a política de patrocínio.

De acordo com Pedro Guimarães, que visitou o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), em Rio Branco, a Caixa vai priorizar o patrocínio ao esporte de base e de grupos comunitários. 

O CIE  recebeu R$ 5,7 milhões da CEF para construção de um complexo esportivo onde treina um time de cadeirantes. No local, treinam atletas de categorias de base das federações Olímpicas e Paralímpicas.

Por meio de sua conta no Twitter, presidente ressaltou que inclusão de pessoas com deficiência no esporte é uma das frentes de investimento que o Brasil almeja.

Fonte: GMB/ A Voz da Cidade