SÁB 21 DE SETEMBRO DE 2019 - 06:01hs.
No dia 1º de outubro

Presidente da Caixa terá que se explicar em Comissão da Câmara sobre privatizaçãoes do banco

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, será convidado pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados para falar sobre a privatização de áreas rentáveis e estratégicas do banco como as loterias e LOTEX. A data prevista para ida de Guimarães na CTASP é o dia 1º de outubro. A intenção da comissão era convocar o ministro da economia, Paulo Guedes.

Requerimento, de autoria da deputada federal Erika Kokay (PT/DF), com esse objetivo foi aprovado nesta quarta-feira (14) pela CTASP, mas por acordo construído com a liderança do governo, a convocação do ministro foi transformada em convite e o presidente da Caixa é quem deverá prestar os esclarecimentos.

Durante a votação da matéria, a deputada federal Erika Kokay fez ressalvas em relação ao acordo construído com a liderança do governo.

“Quero construir aqui um entendimento de que se o presidente da Caixa não comparecer na data prevista, o ministro será automaticamente convocado”, disse a parlamentar, ao lamentar que Guimarães já descumpriu acordo semelhante no semestre passado. A presidenta da Comissão, professora Marcivânia (PCdoB-AP), comprometeu-se a trabalhar para que o acordo seja cumprido.

Para o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), Jair Pedro Ferreira, a população e os trabalhadores precisam ser esclarecidos urgentemente sobre o papel que a atual gestão do banco público imagina para a Caixa.

“Não é de hoje que temos denunciado o desmonte do banco, que tem contribuído em mais de 150 anos de história para o desenvolvimento econômico e social do país”, enfatizou.

Fonte: GMB / FENAE