DOM 31 DE MAIO DE 2020 - 17:57hs.
Jodismar Amaro tem evolução favorável

O presidente da Federação Brasileira das Empresas Lotéricas está internado com COVID-19

Dias atrás e sem saber da gravidade da situação, Jodismar Amaro, o presidente da Federação Brasileira das Empresas Lotéricas (FEBRALOT), deu entrada no hospital para tratar de uma tosse e falta de ar, e lá ele ficou internado para tratamento médico por ter sido contaminado pelo novo coronavírus, segundo informa José Carlos P. de Paiva, Vice-Presidente Executivo do Sindicato Comissários Consignatários Estado de São Paulo (SINCOESP). Jodismar demonstra uma evolução favorável, apesar de lenta.

Jodismar Amaro tem 68 anos, sendo 42 dentro da área de loterias. Casado e com dois filhos, o empresário assumiu a presidência da Federação em 2016 e desde então sempre teve a pretensão de defender a integração nacional das lotéricas no Brasil.

“Não preciso dizer o que representou isso pra nós, lotéricos, e para toda diretoria do SINCOESP Essa notícia pegou a todos de surpresa. Da noite para o dia estávamos sem nosso presidente que sempre comandou esta entidade com muita maestria e competência. Um fato inesperado e difícil em função das poucas informações sobre o estado de saúde e da distância física entre nós imposta pela quarentena”, revela De Paiva.

Os lotéricos estão com informações de boletins médicos diários, que demonstram uma evolução favorável, apesar de lenta, do quadro clínico do Jodismar, o que dá esperança que ele se recupere e, em breve, provavelmente voltar às suas atividades normais.

Passado o susto, a Diretoria retomou a sua consciência com as medidas necessárias para que o SINCOESP não sofresse descontinuidade nas suas funções, atribuições e comando. Os Vice-presidentes se comunicaram, entenderam a situação e concordaram em não mudar em nada daquilo que vinham trabalhando.

Se manteve a quarentena dos funcionários com trabalho em "home office", as contas a pagar do Sindicato em dia, todas as correspondências da área administrativa em ordem e também o setor jurídico funcionando e respaldando o novo momento vivido pelo Sindicato.

Na área trabalhista, tudo tem caminhado com a velocidade do momento em função das análises das diversas medidas provisórias para adaptar as relações trabalhistas ao novo cenário econômico/comercial.

“As convenções coletivas de 20/21 estão suspensas até podermos nos reunir com segurança e procurar traçar a melhor solução para nossos representados. Tudo está correndo dentro da normalidade e das diretrizes que sempre nortearam as ações na presença do Jodismar no comando do Sindicato. Nada será feito sem o conhecimento da diretoria e aconselhamento do nosso jurídico, fiquem tranquilos!”, promete o Vice-Presidente Executivo aos seus associados.

Fonte: GMB