MAR 4 DE AGOSTO DE 2020 - 07:56hs.
Novo jogo

Super Sete pode dar mais chances aos apostadores que as loterias tradicionais

Em reportagem da TV Paranaíba sobre a nova loteria Super Sete, o matemático Matheus Alves Reis faz uma análise demonstrando que esta modalidade pode ser mais rentável para os apostadores do que aquelas mais conhecidas. Ele explica que “há uma chance grande se comparada a outras loterias”. O lançamento da Super Sete foi autorizado pelo Governo Federal e a Caixa trabalha para definir a data do primeiro sorteio. O novo produto chega em um momento de queda nas apostas lotéricas devido à pandemia do novo coronavírus.

A Caixa Econômica Federal foi autorizada pelo governo federal a lançar um novo produto lotérico, o “Super Sete”. Os sorteios serão realizados semanalmente e a data do primeiro ainda será definida pela Caixa. 

A nova loteria terá no bilhete sete colunas com dez números em cada, podendo ser feito até 21 apostas. “Em uma aposta simples, o participante vai escolher um algarismo em cada coluna, podendo repetir o número ou não, como preferir. Ele vence se acertar pelo menos três das colunas. Esse é o prêmio mínimo”, explica o matemático Matheus Alves Reis.

De acordo com o especialista, a chance de ganhar a aposta máxima é de uma em dez milhões. Mas se apostar seis dezenas, a chance passa a ser de uma em cerca de 158 mil. E para três dezenas, a oportunidade de acertar é de uma em apenas 44 possibilidades.

“É uma chance grande se comparada a outras loterias. No caso da Mega Sena é de uma em 50 milhões, já na Lotomania ela é de uma em 11 milhões. Então, se você fizer uma comparação, ela é mais fácil de vencer matematicamente falando”, afirma o matemático.

Quando liberadas, as apostas da Super Sete poderão ser feitas em qualquer casa lotérica do país ou pelo portal de loterias da Caixa e o jogo simples deve custar R$ 2,50. Os sorteios acontecerão nas segundas, quartas e sextas-feiras.

A reportagem ainda mostra que, apesar de muitas pessoas não terem deixado de jogar nas loterias, a nova modalidade vai chegar em um momento de queda nas vendas. Segundo dados do sindicato dos lotéricos do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, houve uma queda de 30% a 35% nas apostas em loterias de todo o país após o início da pandemia do novo coronavírus.

Fonte: GMB/ TV Paranaíba