LUN 25 DE ENERO DE 2021 - 03:28hs.
Em relação ao mesmo período de 2019

Arrecadação das Loterias Caixa caem 8,2% no primeiro semestre de 2020

A CAIXA divulgou hoje o seu resultado consolidado do segundo trimestre (2T20). As Loterias CAIXA arrecadaram R$ 7,4 bilhões no 1º semestre de 2020, sendo 8,2% menor que o apurado no mesmo período do ano passado. Além disso, com o pagamento de R$ 173,4 bilhões, e mais de 66,9 milhões de brasileiros beneficiados, foram direcionados 246,6 milhões referentes ao Auxílio Emergencial até o dia 25 de agosto.

Dentre os valores obtidos pelas Loterias CAIXA no período, cerca de R$ 2,8 bilhões foram transferidos aos programas sociais do Governo Federal nas áreas de seguridade social, esporte, cultura, segurança pública, educação e saúde, correspondendo a um repasse de 37,3% do total arrecadado.

O Auxílio Emergencial é a maior ação de transferência de renda já realizada no Brasil e acumula também os seguintes números:

  • 109,0 milhões de cadastros processados
  • 1,7 bilhão de visitas ao site do Auxílio Emergencial
  • 457,8 milhões de ligações na central telefônica exclusiva 111
  • 114,7 milhões de downloads do aplicativo Auxílio Emergencial
  • 212,3 milhões de downloads do aplicativo CAIXA Tem

O app CAIXA Tem viabilizou o maior movimento de inclusão social, digital e financeira do Brasil com o potencial de atingir 131,7 milhões de contas poupança sociais digitais gratuitas, sendo que até 24 de agosto, 91,7 milhões já foram abertas.

Com potencial para pagamento da ordem de R$ 302,9 bilhões em benefícios sociais (Auxílio Emergencial, Saque Emergencial do FGTS, e “BEm”) para mais de 131,7 milhões de pessoas, o app apresenta o menor consumo de dados do mercado, tem foco nos segmentos de renda básica, social e microempreendedor individual (MEI) e pode realizar pagamentos, transferências e consultas a benefícios sociais, dentre outros.

Já em relação ao Saque Emergencial do FGTS o público total é de 60 milhões de pessoas, com valor de R$ 37,8 bilhões em pagamentos. Até 24 de agosto, R$ 18,3 bilhões já foram pagos a 23,8 milhões de trabalhadores, com base na MPV 946/20, que limitou o valor de até R$ 1.045 por trabalhador, considerando a soma dos saldos de todas contas ativas ou inativas no FGTS.

Alguns dos destaques do período analisado foram:

  • Lucro líquido de R$ 2,6 bilhões em 2T20, redução de 16,1% sobre o 1T20
  • O ROE atingiu 12,1%, com redução de 2,8 p.p. sobre o 1T20
  • 40 milhões de cidadãos foram bancarizados com o pagamento dos benefícios
  • 36 milhões de pessoas que não estavam nos cadastros do governo foram atendidas
  • 8 em cada 10 adultos estão recebendo algum benefício do Governo Federal via CAIXA.

Fonte: GMB