LUN 28 DE SEPTIEMBRE DE 2020 - 21:24hs.
Painel S.A. da Folha

Lotéricos questionam Caixa sobre futuro da LOTEX

A jornalista Joana Cunha, na coluna Painel S.A. da Folha de S.Paulo, afirma que os donos de lotéricas estão esperando da Caixa um posicionamento sobre o futuro da Lotex, a loteria instantânea conhecida como raspadinha, que o governo vendeu ao consórcio Estrela Instantânea, formado por IGT e Scientific Games, há cerca de um ano. Ela revela que o presidente da Febralot enviou uma carta para o banco pedindo um posicionamento definitivo.

Segundo a Febralot (associação dos lotéricos), até hoje, a Caixa ainda não os informou com clareza se os lotéricos poderão vender o produto em suas unidades recebendo comissão.

Jodismar Amaro, presidente da Febralot, diz que enviou uma carta para o banco pedindo um posicionamento definitivo, mas não obteve resposta.

Procurada pela coluna Painel S.A. da Folha de S.Paulo, a Caixa não se manifestou.

Cabe recordar que durante o terceiro webinar do ciclo “Agora Brasil”, realizado pelo GMB, Roberto Quattrini, Country Manager da IGT e representante do Consórcio Estrela Instantânea junto a Scientific Games, afirmou que a crise gerada pela COVID-19 atrasou os planos de lançamento da Lotex, porém revelou que a ideia é ter o produto no mercado entre novembro deste ano e janeiro de 2021.

“Temos planos muito agressivos e a Lotex será a maior rede de jogo do Brasil”, prometeu Quattrini no último mês de julho.

A jornalista Joana Cunha é formada em administração de empresas pela FGV-SP. Foi repórter de Mercado e correspondente da Folha em Nova York.

Fonte: GMB