JUE 25 DE JULIO DE 2024 - 10:29hs.
Em ritmo de crescimento

No 2T22, Loterias CAIXA arrecadaram R$ 5,4 bilhões, valor 23,3 % maior que no 2T21

A Caixa Econômica Federal acaba de divulgar o resultado consolidado do segundo trimestre deste ano e reportou crescimento em diferentes áreas de atuação da instituição. O destaque foi o crescimento da Loterias CAIXA, que teve um resultado 23,3% maior do que no mesmo período de 2021. No total, foram arrecadados R$ 5,4 bilhões. O lucro líquido do banco foi de R$ 1,8 bi.

Os resultados apresentados ao mercado pela Caixa Econômica Federal continuam demonstrando um excelente resultado para a área de loterias do banco.

As Loterias CAIXA, além de alimentar os sonhos de milhões de apostadores, constituem uma importante fonte de recursos para fomentar o desenvolvimento social do Brasil”, apontou a instituição ao divulgar os resultados.

No período analisado, foram destinados R$ 2,1 bilhões, o equivalente a 38,5 % do total, aos programas sociais nas áreas de seguridade social, esporte, cultura, segurança pública, educação e saúde, valor este 6,7 % superior ao destinado no 2T21 e 7,2% superior ao 1T22, além dos pagamentos de imposto de renda.

Além do resultado da Loterias CAIXA, o banco destaca alguns dados do período, como o crescimento de 20,7% no saldo de crédito consignado em comparação com o segundo trimestre de 2021, alcançando R$ 90,2 bilhões.

O agro também foi apontado como uma excelente carteira, com crescimento de 247,3% nas contratações em relação ao mesmo período do ano passado.

O banco indicou que no segundo trimestre de 2022 teve o menor índice de inadimplência entre os grandes bancos brasileiros (1,89%) e uma redução de 0,57 p.p. sobre o 2T21.

A atuação como banco social também foi destacada. “A Caixa contribui ativamente para a erradicação da pobreza e para a melhoria da distribuição de renda da população brasileira. No 2T22, por meio de seus canais de atendimento próprios ou da rede parceira, a Caixa realizou o pagamento de 90,2 milhões de parcelas de programas sociais, benefícios ao trabalhador e benefícios do INSS em todos os municípios brasileiros, totalizando R$ 71,2 bilhões em benefícios pagos”, disse a instituição no texto do balanço do período.

Fonte: GMB