SÁB 20 DE ABRIL DE 2019 - 01:19hs.
Perto do Aeroporto de Incheon

Empresa chinesa planeja novo RI de US$ 4,5 bilhões na Coréia do Sul

A LongRunn International, uma corporação chinesa de imóveis e resorts, anunciou que concordou em construir uma propriedade de US$ 4,5 bilhões perto do Aeroporto Internacional Incheon, na Coréia do Sul. A empresa concordou em comprar uma parcela de terra por US$ 80 milhões para o resort, que será chamado Diamond City.

De acordo com o site da empresa, a Diamond City é um novo empreendimento misto a ser construído em uma área de 165.769 m2 e composto por 740.925 m2 de residências, um hotel de 7 estrelas, cassino, torre de escritórios, shopping comercial, escolas, centro médico e estético, uma avenida interativa de cultura mundial e parques temáticos.

A LongRunn disse que desenvolverá a Diamond City em parceria com empresas estatais da China e um destacado promotor imobiliário de Hong Kong.

O chefe da Zona Econômica Livre de Incheon, Kim Jin-yong, disse que o contrato ajudaria a Ilha Yeongjong a criar um centro de entretenimento para competir com Las Vegas e Macau.

No ano passado, a Paradise Co. e a japonesa Sega Sammy abriram o IR Paradise City em Incheon, embora o progresso em outros resorts planejados tenha sido lento. O grupo Caesars Entertainment, juntamente com a R & F Properties, tem um projeto, assim como o operador tribal Mohegan Sun.

Fonte: GMB / AG Brief