TER 25 DE JUNHO DE 2019 - 02:50hs.
Espanha

Família Martinez Sampedro luta pelo controle da Codere

A família Martinez Sampedro lançou uma ofensiva judicial para recuperar o controle da Codere. A família fundadora queixou-se de que os fundos tenham uma agenda oculta para fundir a Codere com Cirsa. A queixa foi feita em meados de fevereiro perante um tribunal comercial em Madri e o pedido de arbitragem perante a Câmara de Comércio Internacional em Paris.

As acusações giram em torno de um suposto pacto entre o fundo baseado em Connecticut, Silver Point Capital, e a The Blackstone Group, uma multinacional americana de balanços, gerenciamento de ativos e serviços financeiros, com sede em Nova York.

De acordo com relatos da imprensa local, a família está tentando reverter as decisões do último conselho de administração, realizado em janeiro passado, no qual José Antonio Martínez Sampedro e seu irmão Luis Javier foram demitidos dos cargos executivos da empresa. No processo de arbitragem, os advogados da família afirmam que uma série de fundos tem uma agenda oculta para a citada fusão.

A união com a Cirsa está sendo tratada fora do conselho, o que é ilegal e pode ser classificado como indo contra o bem social, de acordo com o processo arquivado em 19 de fevereiro. Com a nova operação, as empresas poderiam reduzir os custos entre € 50 milhões e € 100 milhões, reduzindo até 2.500 empregos na Espanha e na América Latina, dizem fontes próximas à família. Embora a fusão possa ser financeiramente vantajosa, a família Martinez Sampedro teme que a distribuição de ações na nova empresa não reflita o valor real de sua participação na Codere.

A Silver Point possui 21,6% das ações da Codere e, juntamente com a Contrarian (9,9%) e a Abrams (8,7%) detém três dos nove lugares do conselho. Eles também têm o apoio dos três membros independentes, que votaram a favor de demitir membros da família Martínez Sampedro, de acordo com o conhecido jornal de finanças espanhol Cinco Días.

A Blackstone já foi indicada pela Bloomberg como um possível comprador da Cirsa. De acordo com a Bloomberg nos EUA, as empresas Blackstone Group e Cerberus Capital Management estão entre os fundos que analisam ofertas para adquirir a Cirsa Gaming Corp.

Os fundadores da Codere temem uma manobra em que a Blackstone concordaria com a Silver Point para comprar sua participação na fusão. Enquanto isso, a família Martinez Sampedro manteria um capital semelhante ao capital que agora possuem, mas com poder diluído quando se trata de tomada de decisão na nova empresa.

A família Martinez Sampedro arquivou o pedido de arbitragem em 19 de fevereiro, e dois dias depois, eles acrescentaram um pedido para que o caso fosse tratado com urgência. Em janeiro, a Codere confirmou a nomeação de Vicente Di Loreto como novo chefe executivo do grupo e Norman Sorensen Valdez como novo presidente executivo. Os novos executivos descartaram as notícias de uma fusão com a Cirsa.

Fonte: GMB / G3 Newswire