QUI 21 DE NOVEMBRO DE 2019 - 12:36hs.
Projeção

Apostas esportivas dos EUA devem se tornar uma indústria de US$ 8 bilhões em 2025

Durante a NYC Sports Betting Investor Summit desta segunda-feira, os palestrantes deram suas previsões sobre o futuro do setor de apostas esportivas dos EUA. De acordo com projeções de investidores e grandes players da área local, o setor será de US$ 7 bilhões a US$ 8 bilhões em 2025, e alertou que nem todas as firmas sobreviverão à concorrência e à pressão dos altos custos relacionados à aquisição e retenção de clientes.

De acordo com Morgan Stanley, que patrocinou a Summit organizada pela Clarion Gaming, o mercado dos EUA gerará cerca de US$ 7 bilhões em receita até 2025, significativamente acima dos US$ 833 milhões em 2019. Estimativas anteriores do banco sugeriram que as apostas esportivas nos EUA poderiam se tornar uma indústria de US$ 5 bilhões nos próximos cinco anos.

No evento, executivos de alguns dos principais players do setor de apostas nos Estados Unidos, incluindo MGM Resorts International, Hard Rock International e Mohegan Sun, fizeram previsões semelhantes, dizendo que as apostas esportivas poderiam gerar entre US$ 6 bilhões e US$ 8 bilhões em receita até 2025.

Os palestrantes alertaram que, apesar das previsões mais do que promissoras, nem todo mundo que se aventurou ou está prestes a se aventurar nas apostas esportivas nos EUA reivindicaria uma boa fatia do mercado. Muitos fracassariam, disseram investidores e executivos, esmagados pelos altos custos de promover um negócio bem-sucedido de apostas esportivas e adquirir clientes em uma área altamente competitiva.

O Diretor de Informações da PointsBet, Seth Young, disse que "está em guerra lá fora" e que "no final do dia haverá muitas carcaças na estrada”.

Scott Butera, Presidente de Jogos Interativos da MGM, acrescentou que o mercado está crescendo rapidamente em termos de receita, "mas é um mercado muito difícil" e que, embora todo mundo queira um pedaço do bolo de apostas esportivas dos EUA, "veremos alguns abalados.”

Os palestrantes disseram que pelo menos 10 novos operadores de apostas esportivas poderiam se juntar à área nos próximos anos.

Os participantes da Summit apontaram um grande obstáculo que está dificultando o crescimento ainda mais rápido das apostas esportivas nos EUA. Muitos clientes acham difícil depositar fundos em suas contas, pois muitos emissores principais de cartões de crédito se recusam a processar transações de jogo.

Comentando sobre essa questão, Kresimir Spajic, Vice-presidente Sênior e Diretor de Apostas Esportivas e Jogos Online do Hard Rock, observou que na Europa cerca de 80% de todas as transações de apostas esportivas são financiadas por cartão de crédito, contra cerca de 30% nos EUA.

Fonte: Casino News Daily