SÁB 21 DE SETEMBRO DE 2019 - 06:22hs.
Resultados negativos

Ações da Codere caem após eleições primárias na Argentina

As ações de empresas argentinas caíram acentuadamente após os resultados da eleição primária no país. Os títulos da Codere tiveram sua pior sessão desde sua reestruturação em 2016. Apesar das ações da empresa de jogos terem diminuído apenas cerca de 0,86%, a dívida da empresa está em seu pior momento desde 2016.

Os €500 milhões em títulos da Codere com vencimento em novembro de 2021 caíram seis centavos para 95 centavos, a maior queda desde que foram reestruturados em 2016, segundo dados compilados pela Bloomberg. 

O peso argentino caiu em até 25% com 1 dolar valendo 60 pesos na última segunda-feira (12), depois que o presidente Mauricio Macri foi derrotado nas eleições primárias realizadas no fim de semana. Enquanto isso, o mercado de títulos viu quedas generalizadas de 20 centavos por dólar. Seu rival Alberto Fernández ganhou 47% dos votos, com 84% dos votos contados até segunda-feira. O presidente Macri, em um esforço para estabilizar a economia maltratada da Argentina, implementou uma série de medidas de austeridade que atingiram duramente muitos eleitores. A taxa de inflação é uma das mais altas do mundo.

Em novembro de 2018, foi revelado que a crise econômica da Argentina continuava a afetar os lucros operacionais da Codere. De acordo com os resultados financeiros do terceiro trimestre, a hiperinflação e a desvalorização do peso significaram que a empresa obteve receitas operacionais acumuladas durante os nove meses de 2018 de € 1.115,6 milhões, 8,2% menos que no mesmo período de 2017.

Os resultados financeiros para o trimestre e o período de seis meses encerrado em 30 de junho de 2018, publicados pela Codere em setembro, refletiram um quadro sombrio na Argentina, onde o peso caiu para um mínimo recorde no final de agosto.

Fonte: GMB / G3 Newswire