LUN 18 DE ENERO DE 2021 - 05:02hs.
Em Paris ainda não

Cassinos vão reabrir hoje na França

Os cassinos franceses estão reabrindo hoje (2 de junho) após um desligamento iniciado em março para limitar a propagação do novo coronavírus. Embora os estabelecimentos de jogos localizados nas zonas onde o risco de transmissão seja baixo possam retornar aos negócios, aqueles em que o perigo é maior terão que esperar para reabrir. Os operadores são obrigados a garantir que as medidas de distanciamento social estejam em vigor no local para impedir a transmissão da COVID-19.

Os cassinos nas chamadas “zonas verdes” - departamentos administrativos onde o risco de transmissão é baixo - terão permissão para reabrir, enquanto aqueles na “zona laranja” - onde há um risco maior de transmissão - terão que permanecer fechados.

Toda a França, exceto Paris e o departamento administrativo a volta Ile-de-France, são classificados como zonas verdes.

Os operadores deverão garantir que as medidas de distanciamento social estejam em vigor no local para impedir a transmissão da COVID-19.

O Groupe Partouche disse que reabrirá todos os 38 cassinos do país, mas disponibilizará apenas máquinas caça-níqueis e jogos eletrônicos. Essas máquinas serão espaçadas com uma tela de acrílico entre cada máquina, enquanto as máquinas serão desinfetadas regularmente.

Os jogos de mesa estarão disponíveis posteriormente, disse o operador.

Todos os clientes e funcionários terão que usar máscaras, enquanto os funcionários receberão treinamento extra sobre medidas de proteção contra o vírus.

O Groupe Barrière, que opera 33 propriedades em toda a França, disse que a digitalização tem sido o principal foco de seus cassinos, a fim de limitar a interação entre funcionários e clientes. Além disso, afirmou ter reorganizado seus andares de jogos para facilitar o distanciamento físico.

Enquanto a maioria dos locais será reaberta, suas propriedades em Paris e Ile-de-France, na zona laranja, permanecerão fechadas por enquanto.

"A reabertura gradual da maioria dos nossos estabelecimentos é uma ótima notícia para o nosso grupo", disse Dominique Desseigne, presidente e CEO da Barrière. “Hoje, queremos participar ativamente da recuperação econômica do turismo na França e participar do retorno ao convívio e à serenidade. Nossa única missão: cuidamos de tudo, especialmente de você.”

Fonte: GMB / iGB