DOM 24 DE ENERO DE 2021 - 18:38hs.
Primeiro evento na Áustria

Fórmula 1 volta em julho com cronograma inicial de oito corridas

Os organizadores da Fórmula 1 anunciaram que a série de automobilismo voltará em julho, depois que a pandemia da COVID-19 atrasou o início da sua temporada 2020, com, inicialmente, oito corridas em toda a Europa e esperando realizar entre 15 e 18 competições na temporada remarcada. O retorno desse esporte começará com um evento duplo na Áustria, com o Grande Prêmio da Áustria de 3 a 5 de julho e o segundo, uma semana depois, de 10 a 12 de julho. As primeiras corridas provavelmente serão a portas fechadas.

Originalmente, a temporada de F1 de 2020 deveria começar em Melbourne, na Austrália, em 15 de março, mas os organizadores foram forçados a adiar esta e todas as outras corridas até que a situação da COVID-19 melhorasse.

Com o estado da pandemia na Europa melhorando constantemente, os organizadores agendaram, inicialmente, oito corridas em todo o continente, embora espere realizar entre 15 e 18 competições na temporada remarcada, dependendo da situação mais ampla do coronavírus.

A nova temporada de 2020 começará com um evento duplo na Áustria, com o Grande Prêmio da Áustria a ser realizado de 3 a 5 de julho e o segundo evento uma semana depois, de 10 a 12 de julho.

A Hungria sediará uma corrida de 17 a 19 de julho, enquanto a pista britânica Silverstone realizará um evento duplo nos finais de semana de 31 de julho a 2 de agosto e de 7 a 9 de agosto.

A série passará para a Espanha para um evento de corrida de 14 a 16 de agosto, a Bélgica de 28 a 30 de agosto e a Itália de 4 a 6 de setembro.

A F1 disse que as primeiras oito corridas provavelmente serão eventos fechados, mas espera que os fãs possam comparecer novamente quando for seguro fazê-lo no final da temporada. Todas as corridas de F1 também serão apoiadas pelos eventos de Fórmula 2 e Fórmula 3.

"Nas últimas semanas, trabalhamos incansavelmente com todos os nossos parceiros, a FIA e as equipes para criar um calendário de abertura revisado para 2020, nos permitindo reiniciar as corridas da maneira mais segura possível", disse Chase Carey, presidente da F1.

“Embora atualmente esperemos que a temporada comece sem os fãs nas nossas corridas, esperamos que nos próximos meses a situação nos permita recebê-los de volta quando for seguro, mas sabemos que o retorno da Fórmula 1 será um impulso bem-vindo para fãs de esportes em todo o mundo”, Carey acrescentou.

A F1, que organizou uma série de eSports na ausência de seus eventos ao vivo, se torna a mais recente propriedade esportiva importante a delinear seus planos de reiniciar.

Fonte: GMB / iGB