MIÉ 25 DE NOVIEMBRE DE 2020 - 03:04hs.
De acordo com as autoridades nacionais

Peru permitiria a reabertura de cassinos em agosto

O presidente da Câmara Nacional de Turismo do Peru, Carlos Canales, disse que os cassinos voltariam a abrir em agosto, junto com máquinas caça-níqueis, discotecas, feiras e conferências, entre outras atividades incluídas na fase quatro da reativação econômica do país. Segundo as autoridades locais, o espaço desses estabelecimentos será redistribuído para respeitar o distanciamento social.

O titular do Canatur explicou que as reuniões de coordenação para estabelecer um protocolo para esses estabelecimentos, diferente do dos restaurantes que reabrirão na segunda-feira, 20 de julho, serão realizadas nos próximos dias. Ele também disse que o espaço nesses locais será redistribuído para respeitar o distanciamento social.

Os restaurantes estão incluídos na fase três da reabertura, mas os bares terão que esperar para implementar medidas de prevenção.

“Uma coisa é que lhe sirvam uma bebida e você pode comer um pouco em um restaurante, sentado, e outra coisa é que você vai ao balcão do bar. Você não pode tomar uma bebida esperando no bar, porque se houver uma redução de capacidade, a receita será apenas para sentar à mesa. Se alguém quiser esperar, é fora do local”, disse Canales.

O presidente do Canatur disse que os bares que abrem em agosto devem fechar antes das 20h. Dessa forma, no caso de sua atividade ser permitida nos cassinos, eles devem obedecer a dois protocolos diferentes.

Em maio, o setor de turismo no Peru estimou que entre abril e julho haveria uma queda de 100% na atividade e uma redução na renda de até US$ 700 milhões em 2020.

Fonte: GMB / La República (Peru)