JUE 22 DE OCTUBRE DE 2020 - 03:01hs.
Casos de COVID-19

AGA aplaude medida de proteção de responsabilidade em Nevada

O presidente e CEO da American Gaming Association (AGA), Bill Miller, divulgou uma declaração relacionada com a promulgação do Senate Bill 4 pela Legislatura de Nevada sobre ações judiciais por causa do coronavírus. “A AGA e nossos membros aplaudem o esforço bipartidário da Legislatura de Nevada e do Governador Sisolak para proteger todos os negócios, limitando a exposição a possíveis processos judiciais relacionados à COVID”, disse Miller.

A declaração dizia:

“A AGA e nossos membros aplaudem o esforço bipartidário da Legislatura de Nevada e do Governador Sisolak para proteger todos os negócios, limitando a exposição a possíveis processos judiciais relacionados à COVID. Isso permite que nossos membros se concentrem no que é mais necessário no momento: recuperação econômica e comunitária sustentada.
 
Conforme a indústria de jogos reabre responsavelmente em todo o país, ela continua a se adaptar de maneiras incríveis para proteger a saúde e a segurança dos trabalhadores e clientes. As propriedades de jogos, lideradas pela nossa cultura arraigada de conformidade, continuam a seguir, e muitas vezes a exceder, as diretrizes de reabertura do governo em todo o país.
 
Embora tenhamos trabalhado diligentemente para reabrir nossas portas com segurança e dar as boas-vindas aos membros da nossa equipe de volta ao trabalho, continuamos preocupados com o fato de que as empresas de jogos, que já estão sofrendo, serão forçadas a se defender contra um ataque de processos judiciais frívolos. Restrições de capacidade e gastos significativos com segurança já estão cobrando seu preço. Este projeto de lei ajuda a mitigar os custos de litígios onerosos que acabarão por afetar os impostos estaduais e locais, e os empregos.
 
Mas esta é realmente uma crise nacional. É responsabilidade do Congresso e da administração seguir a liderança de Nevada e promulgar disposições de alívio de responsabilidade oportunas, direcionadas e temporárias para proteger os atores responsáveis contra processos judiciais frívolos. Essa proteção é essencial para que os negócios continuem a contribuir para uma recuperação econômica segura e eficaz da pandemia.”

Fonte: AGA