SÁB 23 DE ENERO DE 2021 - 22:54hs.
Disse o CEO Lawrence Ho

Melco se comprometeu a construir o "melhor IR do mundo" no Japão

O CEO da Melco Resorts & Entertainment, Lawrence Ho, disse que sua companhia ainda está comprometida em construir um Resort Integrado (IR) mundial no Japão e que a empresa, apesar de ter sofrido perdas no segundo trimestre devido à COVID-19, está em uma forte posição financeira. “Acreditamos no nosso foco no segmento premium asiático”, comentou Ho à imprensa.

O grupo relatou uma queda de 88% na receita operacional no segundo trimestre para apenas US$ 180 milhões, enquanto registrou um prejuízo de US$ 370,8 milhões, em comparação com uma receita operacional de US$ 208,0 milhões no segundo trimestre de 2019. Melco atribuiu a fraqueza a uma queda em todos os segmentos do jogo, estando as suas propriedades em Macau a sofrer restrições fronteiriças e as suas operações em Manila ainda encerradas.

No entanto, Ho descreveu a força financeira da Melco depois de vender suas ações da Crown Resorts e emitir US$ 850 milhões em novas notas seniores. Ele também enfatizou o compromisso “inabalável” com o Japão depois que alguns concorrentes importantes, como Wynn Resorts e Las Vegas Sands, saíram da disputa.

“Acreditamos que nosso foco no segmento premium asiático, um portfólio de ativos de alta qualidade, devoção à perfeição, dedicação a ofertas de entretenimento de nível mundial, sistemas de proteção social líderes de mercado, histórico estabelecido de parcerias de sucesso, cultura de serviço excepcional ao hóspede e o compromisso com o desenvolvimento dos funcionários colocam a Melco em uma posição forte para ajudar o Japão a realizar a visão de desenvolver um RI líder mundial com um toque japonês único”, disse Ho.

A Cidade dos Sonhos de Melco, Manila, relatou receita de US$ 7,2 milhões, em comparação com US$ 176,1 milhões. A propriedade foi fechada durante o segundo trimestre, exceto por algumas operações de experiência para testar a segurança e os procedimentos.

Em Chipre, os cassinos da Melco reabriram em meados de junho e registraram receita operacional de US$ 3,5 milhões, em comparação com US$ 22,1 milhões no segundo trimestre de 2019.

Fonte: GMB / AG Brief